José alves dias



Baixar 4.59 Kb.
Pdf preview
Página52/77
Encontro17.03.2020
Tamanho4.59 Kb.
1   ...   48   49   50   51   52   53   54   55   ...   77
em Revista. Belo Horizonte: Revista do Programa de Pós-graduação em Educação da 
FAE/UFMG, n. 41, p.13-42, jun. 2005. 
LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas: Ed. Unicamp, 2008. 
LIMA, Danilo. Educação, Igreja e ideologia: uma análise sociológia da elaboração da 
Lei de Diretrizes e Bases. Rio de Janeiro, F. Alves, 1978. 
LOPES, Alice Casemiro; MACEDO, Elizabeth. Teorias do Currículo. São Paulo: 
Cortez, 2011. 


 
 
 
 
LOURO, Guacira Lopes. Currículo, gênero e sexualidade: O normal, o diferente e o 
excêntrico. In: LOURO, Guacira Lopes. (Org). Corpo, gênero e sexualidade: um 
debate contemporâneo na educação. Rio de Janeiro: Vozes, 2013. 
LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-
estruturalista. 7. ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2004. 
LUCAS, Izalci. Tenho sido alvo de críticas infundadas [...]. Facebook
®

facebook.com/izalci: 3 Jun. 2016. Disponível em: 
. Acesso em: 18 out. 
2016. 
MACHADO, Adriano Henriques. Os católicos e o Partido dos Trabalhadores
aproximações, distanciamentos e suas diversas tensões. Perseu: História, Memória e 
Política. Rio de Janeiro: UFRJ, v. 1, p. 201-225, 2011. 
MAGALHÃES, Marcelo de S. História e cidadania: por que ensinar história hoje?. In: 
ABREU, Martha; SOIHET, Rachel. Ensino de história: conceitos, temáticas e 
metodologia. Rio de Janeiro: Casa da Palavra: FAPERJ, 2003. 
MANIFESTO PELA IGUALDADE DE GÊNERO NA EDUCAÇÃO: Por Uma Escola 
Democrática, Inclusiva e Sem Censuras. [S.l.], Sociedade Brasileira de Sociologia, 23 
jun. 2015. Disponível em: 
=29>. Acesso em: 18 out. 2016. 
MARIANO, Ricardo. Neopentecostais: sociologia do novo pentecostalismo no Brasil. 
São Paulo, Edições Loyola, 2014. 
MARINHO, R. Urgência para superar “degradação”. Novo Jornal. [S.l.], 11 jun. 
2016a. Disponível em: urgencia-para-superar-degradacao?platform=hootsuite>. Acesso em: 18 out. 2016. 
___. O país está atravessando momento crucial de sua história. Empresas e Negócios
[S.l.], 27 jun. 2016b. Disponível em: 

Acesso em: 10 dez. 2016. 
MARTINS, Rodrigo. A bancada BBB domina o Congresso. Carta Capital. [S.l.] 14 
abr. 2015. Disponível em: congresso-1092.html>. Acesso em 10 dez. 2016. 
MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã. São Paulo: Martins Fontes, 2001. 
MATTOS, Ilmar Rohloff de. "Mas não somente assim!" leitores, autores, aulas como 
texto e o ensino-aprendizagem de história. Tempo. [S.l.] 11, n. 21, 2006. Disponível 
em: <
http://www.scielo.br/pdf/tem/v11n21/v11n21a02.pdf
>. Acesso em: 10 dez. 2016. 
MENDES, Débora. Ideologia de gênero: uma contribuição marxista para a teoria 
feminista. Anais do IV Simpósio Lutas Sociais na América Latina. Londrina/PR: 
UEL, 2010.  Disponível em: pesquisa/gepal/anais_ivsimp/gt7/1_deboramendes.pdf>. Acesso em: 10 dez. 2016. 
MENESES, Ulpiano T. Bezerra de. A história cativa da memória? Para um 
mapeamento da memória no campo das Ciências Sociais. Revista do Instituto de 



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   48   49   50   51   52   53   54   55   ...   77


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal