Insira aqui o título: e aqui o subtítulo, se houver



Baixar 144.32 Kb.
Página1/14
Encontro17.03.2020
Tamanho144.32 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   14




JORNALISMO, FICÇÃO E IDEOLOGIA 1




JOURNALISM, FICCTION AND IDEOLOGY

Antonio Claudio Engelke Menezes Teixeira2




Resumo: Este trabalho realiza dois movimentos interligados. Primeiro, trata-se de observar como as denúncias da parcialidade da atividade jornalística acabam por reafirmar o mito da objetividade, assim contribuindo para salvaguardar o lugar de fala do jornalismo. Na sequencia, argumenta-se que, a despeito de seus esforços, os autores construtivistas que avançaram a noção da notícia como narrativa permaneceram presos ao paradigma do jornalismo como espelho da realidade. A alternativa proposta consiste em radicalizar a perspectiva do jornalismo como atividade poética de criação de mundos. Deslocar a primazia da correspondência com a realidade não implica em descer a ladeira escorregadia do relativismo. Exige pensar a validade do discurso jornalístico em bases outras: perguntam pela fertilidade das perspectivas que trazem à esfera pública, ou sobre quão instrutivas são as histórias que ajudam a moldar no processo de narrá-las.




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   14


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal