Inovação: administrando para o futuro



Baixar 31.23 Kb.
Encontro12.12.2019
Tamanho31.23 Kb.

Inovação: administrando para o futuro

Mostrarei através deste trabalho, a importância do administrador para uma empresa, gerando através de suas habilidades, inovações e consequentemente suas competências para manter sua empresa forte no mercado.

Como exemplo, citarei a Coca-Cola, que é uma gigante no ramo de refrigerantes, sua história, produtos, seus ganhos, e todos os processos inovadores que a empresa realizou até se tornar o que é hoje.

A HISTÓRIA DA COCA-COLA

A Coca-Cola é lançada em Atlanta na máquina de refrigerantes da Jacob’s Pharmacy, onde era vendida por cinco centavos o copo.

Era 1886 e, no píer de Nova York, trabalhadores construíam a Estátua da Liberdade. A 1.200 quilômetros de distância, outro grande símbolo americano estava prestes a surgir.

Como muitas pessoas que mudaram a história, John Pemberton, um farmacêutico de Atlanta, foi inspirado pela simples curiosidade. Em uma tarde, ele agitou um líquido cheiroso com cor de caramelo e, quando parou, levou a mistura até a vizinha Jacob’s Pharmacy. Lá, a mistura foi combinada com água com gás e provada pelos clientes, que foram unânimes: essa nova bebida era, de alguma forma, especial. Então, ela passou a ser vendida na Jacob’s Pharmacy a cinco centavos o copo.

O contador de Pemberton, Frank Robinson, chamou a mistura de Coca-Cola® e anotou o nome em seus registros. Desde esse dia, Coca-Cola é escrito da mesma forma. No primeiro ano, Pemberton vendeu apenas nove copos de Coca-Cola por dia.

Um século depois, a The Coca-Cola Company produzia mais de 38 bilhões de litros de xarope. Infelizmente, Pemberton faleceu em 1888 sem constatar o sucesso da bebida que tinha criado.

Depois de três anos (1888-1891), o empresário de Atlanta Asa Griggs Candler obteve os direitos sobre a empresa por um total de cerca de US$ 2.300. Candler se tornaria o primeiro presidente da empresa e o primeiro a adotar uma visão real sobre a empresa e a marca.



Após sua invenção e sua industrialização, a Coca-Cola passou a ter uma importância não só para economia, mais também para a sociedade. Sua missão, visão e valores, sempre focados em oferecer produtos e ações em compromisso com a sociedade e o meio ambiente. Por isso, a Visão da Coca-Cola está orientada para a preparação de um futuro mais sustentável.

  • Missão: Define o objetivo a longo prazo enquanto empresa e o critério das atuações e decisões para chegar a 3 metas fundamentais:

  1. Refrescar o mundo.

  2. Inspirar momentos de otimismo e felicidade.

  3. Criar valor e marcar a diferença.



  • Visão: É o pilar central do plano de trabalho e descreve o que é necessário fazer para conseguir a máxima sustentabilidade, qualidade e crescimento. Com ela pretendem-se atingir os objetivos estipulados para as diferentes áreas:

  1. Pessoas: Ser um bom local para trabalhar, em que as pessoas se sintam inspiradas para dar o melhor de si, todos os dias.

  2. Bebidas: Oferecer uma variada carteira de produtos de qualidade que se antecipem e que satisfaçam os desejos e as necessidades dos consumidores.

  3. Parceiros: Desenvolver uma rede de trabalho para criar um valor comum e duradouro.

  4. Planeta: Ser um cidadão responsável que marque a diferença ao ajudar a construir e apoiar comunidades sustentáveis.

  5. Benefício: Maximizar o rendimento para os acionistas tendo em consideração as responsabilidades gerais da Companhia.

  6. Produtividade: Ser uma organização eficaz e dinâmica.



  • Valor: Guiam as ações e o comportamento da The Coca-Cola Company no mundo, e são:

  1. Liderança: Esforçar-se para construir um futuro melhor.

  2. Colaboração: Potenciar o talento coletivo.

  3. Integridade: Ser transparentes.

  4. Ponderar nos gastos: Ser responsáveis.

  5. Paixão: Estar comprometidos com o coração e a mente.

  6. Diversidade: Contar um vasto leque de marcas.

  7. Qualidade: Busca da excelência.

Durante todos esses anos, a Coca-Cola inovou criando produtos para vários tipos de clientes, e mercados. Segue abaixo uma lista com vários produtos:

  • Coca-Cola

  • Coca-Cola Light

  • Coca-Cola Zero

  • Kuat

  • Fanta

  • Sprite

  • Aquarius Fresh

  • Schweppes

  • Laranja Caseira

  • Del Valle Frut

  • Del Valle Reserva

  • Del Valle Mais

  • Del Valle 100% Suco

  • Del Valle Kapo

  • Powerade

  • i9

  • Burn

  • Matte Leão

  • Leão Fuze Chá Preto/ Ice Tea

  • Leão Fuze Chá de Frutas, Flores e outras Ervas

  • Leão Fuze Chá Verde

  • Crystal

Em 2005 a Coca-Cola Brasil faturou 8,7 bilhões de reais, 16% superior ao faturamento de 2004. O crescimento no volume de vendas no ano de 2006 foi de 10%, chegando a 6,7 bilhões de litros comercializados. Os negócios da Coca-Cola no Brasil seguem em crescimento. A venda de litros cresceu 2,6% de 2001 para 2002, e o faturamento cresceu 16% de 2004 para 2005. O Sistema Coca-Cola Brasil registrou crescimento pelo 10º trimestre consecutivo, atingindo no terceiro trimestre de 2006 vendas 11% superior ao do mesmo período de 2005. O volume global comercializado pela Coca-Cola cresceu 5% e o da América Latina, 7%. O Brasil figurou como destaque no desempenho mundial, ao lado de China, Rússia, Argentina, Turquia e partes da Europa, da África e do Oriente Médio. Em 2012 a empresa anunciou que planeja investir 14 bilhões de reais até 2016 com construções de novas fábricas no país. Em 2011, a companhia consolidou seu crescimento no mercado brasileiro, avançando 1% no volume de vendas, com 10,7 bilhões de litros vendidos.

Através de resultados financeiros realizados em 2015, o lucro da Coca-Cola subiu 20% a US$ 3,11 bi no segundo trimestre. Nesse período houve aumento de 1% no volume mundial de refrigerantes e avanço de 5% no de bebida não gaseificada.



A palavra inovação, sempre esteve presente na Coca-Cola em toda sua trajetória. E no decorrer de todos esses anos, ela sempre se preocupou em criar algo que pudesse chamar atenção de seu público, e ao mesmo tempo melhorar seus processos. Alguns exemplos seguem abaixo:

  • Em 1894, o produto é vendido pela primeira vez em garrafa no dia 12 de março, quando o comerciante Joseph Biedenharn, da cidade de Vicksburg, estado do Mississippi, impressionado com a incrível procura pelo produto, instalou uma máquina de engarrafamento em seu estabelecimento. 

  • Em 1923, introduzida a embalagem six-pack, contendo seis garrafas do produto, com o objetivo de encorajar as pessoas a consumirem mais COCA-COLA em suas casas. 

  • Em 1955, a Coca-Cola é vendida pela primeira vez em lata de alumínio. 

  • Em 1960, a embalagem de lata foi introduzida oficialmente no mercado com grande sucesso. 

  • Em 1964, introduzida a primeira lata com anel para abertura superior. 

  • Em 1982, lançada a Diet Coke que, em 2 anos, tornou-se a bebida de baixa caloria mais conhecida do mundo e a segunda de maior sucesso depois da própria Coca-Cola.

  • Em 1983, Caffeine Free Diet Coke, a versão diet sem cafeína

  • Em 1985, introduziu o refrigerante de cola com sabor de cereja chamado Cherry Coke. O novo produto era a terceira extensão da marca Coca-Cola e o primeiro com sabor. Atualmente pode ser encontrado em restaurantes, Drugstore e supermercados. Seus maiores mercados são os Estados Unidos, Canadá e a Inglaterra, onde é muito popular entre os adolescentes. 

  • Em 1986, Diet Coke Cherry, a versão diet do refrigerante com sabor de cereja.

  • Em 2001, Diet Coke With Lemon, refrigerante com um toque especial de limão. O novo refrigerante cítrico se tornou um hit de sucesso. 

  • Em 2002, Vanilla Coke, a clássica Coca-Cola com sabor de baunilha. A versão diet, chamada Diet Coke Vanilla, seria introduzida neste mesmo ano. 

  • Em 2004, Coca-Cola C2, uma nova versão com metade dos carboidratos, açúcar e calorias da versão normal, introduzida primeiramente no Japão e posteriormente nos Estados Unidos e Canadá. 

  • No mesmo ano de 2004, Diet Coke Lime, versão do refrigerante light misturado com o sabor lima, introduzido para tentar barrar o grande avanço da rival Pepsi Twist. 

  • Em 2005, Coca-Cola Zero, o sabor inigualável de Coca-Cola em uma versão sem açúcar, voltado para um público jovem, que não quer abrir mão do sabor único de Coca-Cola, mas busca uma alternativa sem açúcar do refrigerante. No mesmo ano de 2005, também foram criadas a Coca-Cola With Lime, a versão original com um toque de lima, a Diet Coke With Splenda, refrigerante adoçado com Splenda, um adoçante sem calorias, que não deixa resíduos e não causa reações alérgicas, Coca-Cola Raspberry, o refrigerante tradicional com sabor de framboesa. Atualmente este produto está disponível somente na Nova Zelândia, e a Coca-Cola Light Sango, o refrigerante diet com sabor de laranja, introduzido primeiramente na Bélgica, país com maior consumo per capita de Coca-Cola Light no mundo, e posteriormente na França.

  • Em 2006, Coca-Cola Blak, produto mais sofisticado de sua linha, que une o tradicional sabor da COCA-COLA a essência de café, com apenas 45 calorias. O produto foi introduzido primeiramente na França em uma moderna garrafa de alumínio. Também em 2006, foram criadas a Black Cherry Vanilla Coke, um refrigerante com mistura de essências de café, cereja e baunilha. A versão dietética foi introduzida também este ano, e a Coca-Cola Citra, refrigerante misturado com limão e lima, disponível somente no Japão, Nova Zelândia, México e Bósnia e Herzegovina. 

  • Em 2007, DIET COKE PLUS, versão do refrigerante diet enriquecida com vitaminas (B6 e B12) e minerais (magnésio e zinco). Essa combinação aparentemente bizarra de nutrientes com aspartame parece sinalizar uma estratégia da COCA-COLA de unir os benefícios dietéticos de seus produtos a valores realmente nutricionais. O slogan de lançamento do produto foi “Great taste has its benefits”. Também no mesmo ano foram lançadas a COCA-COLA ORANGE, o refrigerante tradicional com sabor de laranja, disponível somente na Inglaterra em edição limitada inicialmente, comercializado em latas de 330ml e 500ml e garrafas de dois litros, e a Coca-Cola Zero, que apesar de ter sido criada em 2005, só foi lançada no brasil em janeiro de 2007, inicialmente em Porto Alegre. Hoje, já está disponível em todo o País e faz um grande sucesso, posicionada para atender um público jovem, que não quer abrir mão do sabor único de Coca-Cola mas busca uma alternativa sem açúcar. 

O que realmente transformou o xarope Coca-Cola em uma grande bebida comercializada no mundo todo, foi a inovação feita por Asa Griggs Candler. Ele com uma visão de marketing, e usando táticas publicitárias, realizou várias campanhas como: disponibilizou cupões para degustações da Coca-Cola e distribuiu relógios, urnas, calendários e balanças farmacêuticas com a marca da Coca-Cola aos farmacêuticos. As pessoas viam a Coca-Cola em todo o lado e a agressiva campanha funcionou. Até 1895, Candler construiu fábricas do xarope em Chicago, Dallas e Los Angeles. E a partir daí a marca nunca mais parou de crescer.

Apesar de ter acontecido a muito tempo atrás, a visão que Asa Griggs Candler teve, foi muito criativa e inovado, ele tinha em mãos uma bebida muito boa, porém não era conhecida. Conseguiu usar características de um administrador como: Ter visão do futuro, ao perceber que aquela bebida poderia agradar a muitas pessoas, e realizou as ações necessárias para que isso acontecesse.

Durante todos esses anos a empresa nunca parou de inovar, o produto parou de ser feito artesanalmente para ser fabricado em larga escala, a partir desse novo método de processo de fabricação, a empresa conseguiu o mercado que tem hoje. E foi além, criou novos produtos introduzindo-os em novos mercados.

Apesar da Coca-Cola ser a líder mundial no ramo de refrigerantes, ela nunca para de pensar em inovação, sempre procurando estar à frente das concorrentes, e não é à toa que a marca se tornou o que é hoje.


REFERÊNCIAS


Fonte: http://www.cocacola.pt/informacao/coca-cola-no-mundo#.VdpPhvlViko

Fonte: https://www.cocacolabrasil.com.br



Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Coca-Cola_Brasil

Fonte: site Mundo das Marcas

Fonte: Jornais.


Compartilhe com seus amigos:


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal