I encontro



Baixar 6.89 Kb.
Encontro29.10.2019
Tamanho6.89 Kb.

ROTEIRO DE CÉLULA, baseado na mensagem de 21 de agosto de 20126
I – ENCONTRO:

Quebra-gelo: Qual é o animal que lhe causa mais medo ou repulsa?
II – EXALTAÇÃO:

Leitura do Salmo 51:1-19

Orações e cânticos de adoração e louvor
III – EDIFICAÇÃO:

Texto: Gênesis 4:1-16

Tema: O melhor para Deus

Comentário: É chocante e frustrante ao folhear as primeiras páginas da Bíblia, perceber que tão cedo a humanidade já se desviou dos propósitos de Deus; que já a primeira família tenha sido marcada com um homicídio. Mas essa é a consequência do pecado; da vitória do mal sobre o bem no coração do homem. A história de Caim e Abel, nos mostra que no nosso relacionamento com Deus não há meio termo. Deus não aceita mornidão (Ap. 3:16). Entretanto, como Deus é amor e misericórdia, se reconhecemos nossos pecados Ele sempre nos dará uma nova chance. Por isso, esse texto responde a algumas questões bem essenciais: 1º)O que você oferece a Deus? Certamente Caim e Abel já sabiam que Deus requer culto e que Deus requer algo de nós. Caim juntou algumas coisas da sua colheita, talvez como quem apenas cumpre um ritual; Abel, no entanto, deu das primícias, do melhor que tinha. Caim deu alguns frutos, Abel, porém, fez um sacrifício. Caim expressou seu orgulho, Abel, sua indignidade; 2º)Como você reage diante da reprovação de Deus? Sob todos os aspectos Caim reagiu mal, não compreendendo que o problema estava nele e não em Deus . Quando rejeitamos a correção, nossa atitude seguinte será sempre pior- (v.8-9). Deus só pode trabalhar com a verdade e nenhuma correção é possível sem a restauração da verdade. Aceitar a reprovação de Deus é o primeiro passo para a nossa restauração - (Hb. 12:6-8); 3º)Você compreende as motivações de Deus? Em nenhum momento, a reprovação de Caim significou a sua condenação. Mesmo depois de se tornar um homicida, Deus quis protegê-lo - (v.15) A motivação de Deus é sempre o amor. Estar longe ou perto de Deus é sempre, portanto, uma decisão nossa - (v.16). O desejo de Deus é que todos sejam salvos - (2 Pe. 3:9); 4º) Você compreende por que é necessário resistir ao pecado? (v.7) O pecado é como um predador à nossa espreita: Se não o resistirmos, ele nos destruirá – (1 Pe. 5:8). Caim se torna uma figura do homem que se rende ao pecado. Não resista a Deus; resista ao pecado!

QUESTÕES PARA REFLEXÃO:

1º)Em Romanos 12:1-2 fala de “culto racional” e “sacrifício vivo”. Como você entende isso? É possível relacionar essas atitudes com as atitudes de Caim e Abel?

2º)Quais são as maneiras que normalmente Deus usa para nos reprovar? Em sua opinião, por quê, a exemplo de Caim, temos a tendência de nos defender quando reprovados?

3º) Considerando a pergunta que Deus fez a Caim, no v. 7, você admite que quando somos rejeitados provavelmente estamos de algum modo agindo mal? Nessas horas, o que resolve: Se fazer de vítima ou prestar atenção na própria conduta?

4º)Quais algumas atitudes práticas que podemos ter diante das tentações?
IV – EVANGELISMO E VISÃO:

*Caim e Abel representam na verdade, juntos, aquilo que está dentro de cada um nós; essa duplicidade que pode até mesmo no simples abrir da boca, produzir morte e vida – (Pv. 18:21) *Entendamos que uma vida aceitável a Deus, produzirá também a vida de Deus. Isso é praticamente tudo o que precisamos saber sobre o testemunho cristão!


V – ENCERRAMENTO: Um tempo de oração, conforme Deus conduzir.


Compartilhe com seus amigos:


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal