Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página98/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   94   95   96   97   98   99   100   101   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
659,7
1896-1900
470,3
1901-1905
279,7
1906-1910
391,6
1911-1915
611,4
1916-1920
186,4
1921-1925
386,6
1926-1930
453,6
total
3.964,3
BEThEll, leslie (Ed.), The Cambridge
History of Latin America, vol. IV. Adaptado.
Os dados apresentados na tabela se expli-
cam, entre outros fatores, 
a) pela industrialização significativa em 
estados do nordeste do Brasil, sobretu-
do aquela ligada a bens de consumo. 
b) pela forte demanda por força de traba-
lho criada pela expansão cafeeira nos 
estados do sudeste do Brasil. 
c) pela democracia racial brasileira, a favo-
recer a convivência pacífica entre cultu-
ras que, nos seus continentes de origem, 
poderiam até mesmo ser rivais. 
d) pelos expurgos em massa promovidos 
em países que viviam sob regimes fas-
cistas, como Itália, Alemanha e Japão. 
e) pela supervalorização do trabalho as-
salariado nas cidades, já que no campo 
prevalecia a mão de obra de origem es-
crava, mais barata.
(Enem)
Texto I
Canudos não se rendeu. Exemplo único em toda a 
história, resistiu até o esgotamento completo. Vencido 
palmo a palmo, na precisão integral do termo, caiu no 
dia 5, ao entardecer, quando caíram os seus últimos de-
fensores, que todos morreram. Eram quatro apenas: um 
velho, dois homens feitos e uma criança, na frente dos 
quais rugiam raivosamente cinco mil soldados.
CUNhA, E. Os sertões. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1987.
Texto II
Na trincheira, no centro do reduto, permaneciam 
quatro fanáticos sobreviventes do extermínio. Era um 
velho, coxo por ferimento e usando uniforma da Guarda 
Católica, um rapaz de 16 a 18 anos, um preto alto e ma-
gro, e um caboclo. Ao serem intimados para deporem as 
armas, investiram com enorme fúria. Assim estava ter-
minada e de maneira tão trágica a sanguinosa guerra, 
que o banditismo e o fanatismo traziam acesa por longos 
meses, naquele recanto do território nacional.
sOAREs, h. M. A Guerra de Canudos. Rio de Janeiro: Altina, 1902.
Os relatos do último ato da Guerra de Ca-
nudos fazem uso de representações que se 
perpetuariam na memória construída so-
bre o conflito. Nesse sentido, cada autor 
caracterizou a atitudes de sertanejos, res-
pectivamente, como fruto da
a) manipulação e incompetência.
b) ignorância e solidariedade.
c) hesitação e obstinação.
d) esperança e valentia.
e) bravura e loucura.
2
3
69
Brasil: do final do século XIX à Revolução de 1930 


Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   94   95   96   97   98   99   100   101   ...   513




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal