Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página90/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   86   87   88   89   90   91   92   93   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
UnidAde 1 

Ciência e tecnologia
HMOV_v3_PNLD2018_046a073_U1_C3.indd 62
21/05/16 20:08


Reação Republicana
Em 1919, o paraibano Epitácio Pessoa foi eleito 
para Presidência da República e, em 1922, ao aproxi-
mar-se o fim de seu mandato, ele lançou à sua suces-
são a candidatura de Artur Bernardes, ex-presidente 
do estado de Minas Gerais.
Em oposição ao candidato apoiado, os líderes dos 
partidos republicanos do Rio Grande do Sul, Bahia, 
Pernambuco e Rio de Janeiro uniram-se pela candida-
tura do fluminense Nilo Peçanha. Apoiado pelos mi-
litares, esse movimento de oposição ficou conheci-
do como
 Reação RepublicanaTensa e tumultuada, a 
campanha eleitoral levou a crise entre as oligarquias 
para os quartéis.
Em maio de 1922, eclodiu no Recife uma luta ar-
mada entre os seguidores de Artur Bernardes e de 
Nilo Peçanha. O marechal Hermes da Fonseca, ex-
-presidente da República, apoiou os partidários de 
Nilo Peçanha. Em represália, o governo decretou a 
prisão do marechal.
vOcÊ sabia?
Cartão-postal de propaganda da 
candidatura de Nilo Peçanha à 
Presidência da República, em oposição à 
de Artur Bernardes, em 1922.
semana de arte moderna
Nos dias 13, 15 e 17 de fevereiro de 1922, um gru-
po de jovens artistas, patrocinados por membros 
da elite paulista, promoveu no Teatro Municipal de 
São Paulo a
 semana de arte modernaO evento 
reuniu os escritores Mário de Andrade, Oswald de 
Andrade, Menotti del Picchia, o músico Heitor Villa-
-Lobos, os pintores Di Cavalcanti e Anita Malfatti, 
além de diversos outros artistas.
Influenciados pelo Modernismo europeu, eles 
apresentaram quadros e esculturas, leram obras 
poéticas e executaram peças musicais que desto-
avam por completo daquilo que a plateia e os crí-
ticos conservadores entendiam por arte. A reação 
do público foi violenta, com vaias e objetos sendo 
arremessados ao palco.
Com toda a sua irreverência, ao investir contra 
as formas acadêmicas impostas pela arte consa-
grada, a Semana de 1922, como ficou conhecida,
tornou-se um marco na renovação das artes no 
Brasil, criando novos referenciais para a produção 
artística posterior.
Capa do catálogo da exposição divulgado durante a Semana 
de Arte Moderna de 1922. O palco do Teatro Municipal de 
São Paulo foi o primeiro ambiente erudito a receber as obras 
de Villa-Lobos, que passou a ser reconhecido 
internacionalmente nos anos seguintes ao evento.
C
o
le
ç
ã
o M
o
n
s
e
n
h
o
r J
a
m
il A
b
ib
/A
rq
u
iv
o d
a e
d
it
o
ra
A
c
e
rv
o
I
c
o
n
o
gr
a
p
h
ia
/R
e
m
in
is
c
ê
n
c
ia
s
63
Brasil: do final do século XIX à Revolução de 1930 

CAPÍTULO 3
HMOV_v3_PNLD2018_046a073_U1_C3.indd 63
21/05/16 20:08



Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   86   87   88   89   90   91   92   93   ...   513




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal