Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página469/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   465   466   467   468   469   470   471   472   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
eSQUemA-reSUmo
(p. 147)
O período chamado de Guerra Fria foi marcado 
pela bipolarização da ordem mundial em dois grandes 
blocos: o bloco capitalista, sob a liderança dos Estados 
Unidos, e o bloco socialista, sob a liderança da União 
Soviética. Os dois países realizaram uma intensa guerra 
ideológica pelo controle de regiões do planeta e pela 
ampliação de suas zonas de influência. Para isso, uti-
lizaram a propaganda, os serviços de espionagem, as 
alianças militares (Otan do lado capitalista e Pacto de 
Varsóvia do lado socialista), a corrida armamentista e 
também espacial, etc. Por conta dessas disputas, ocor-
reram inúmeros conflitos em partes diversas do globo, 
como a Guerra da Coreia e a Guerra do Vietnã, na qual 
os Estados Unidos tentaram conter o avanço do comu-
nismo; a Revolução Chinesa, que derrubou o governo do 
país e instaurou um regime comunista, e a Revolução 
Cubana, que fez o mesmo no país americano. Vale des-
tacar que tais movimentos provocaram mudanças no 
equilíbrio de poder do período e contribuíram para a 
eclosão de novos conflitos, como a ruptura do governo 
chinês com o governo soviético e a disseminação de 
ideias socialistas na América Latina, o que provocou 
duras reações do governo americano para impedir a 
formação de novos regimes socialistas na América.
orGAnIzAndo AS IdeIAS
(p. 148)
1. A China se transformou em um país comunista em 
1949, quando comunistas chineses venceram uma 
guerra civil de 22 anos contra as forças do então 
presidente Chiang Kai-shek (1887-1975). No dia 
1
o
de outubro de 1949, Mao Tsé-tung (1893-1976) 
proclamou a República Popular da China. Porém, 
apesar da vitória dos comunistas, a guerra civil 
provocara grande destruição no país. Apenas 0,6% 
da população trabalhava nas poucas indústrias. A 
produção de alimentos era incapaz de atender a 
toda a população do país, o que provocava grandes 
crises de fome na região.
2. Os planos de desenvolvimento econômico ficaram 
conhecidos como o Grande Salto para Frente (1958-
-1962). Estas medidas foram inspiradas no modelo 
de planejamento econômico soviético e tinham 
por finalidade acelerar o processo de crescimento 
e transformar a China num país tão industrializado 
quanto a Inglaterra. Milhões de chineses foram mo-
bilizados para trabalhar na construção de rodovias, 
fábricas, cidades, diques e lagos, o que contribuiu 
para o surgimento de pequenas indústrias no interior 
do país. Foram criadas unidades produtivas autos-
suficientes, as chamadas comunas populares, que 
desenvolviam atividades agropecuárias, industriais, 
comerciais, administrativas e educacionais. Cada 
comuna era formada por cerca de 20 mil pessoas 
e tinha metas preestabelecidas para cumprir. O 
Grande Salto, contudo, foi um fracasso, pois os ob-
jetivos fixados pelo governo eram excessivamente 
ambiciosos. A produção agrícola se desorganizou e 
milhões de pessoas morreram de fome e exaustão. 
HPP_v3_PNLD2018_MPESPEC_305a384.indd 342
6/2/16 5:50 PM



Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   465   466   467   468   469   470   471   472   ...   513




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal