Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página432/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   428   429   430   431   432   433   434   435   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
MANUAL DO PROFESSOR 325
compulsório para garantir o desenvolvimento do país 
e criação de campos de trabalho forçados, chamados 
de 
gulags.
Para retomar os temas trabalhados, é possível solici-
tar aos alunos que organizem uma síntese comparativa 
dos três regimes totalitários, destacando característi-
cas comuns e diferenças entre eles. Essa atividade pode 
ser realizada em pequenos grupos, os quais podem 
apresentar suas ideias aos demais de modo que a sala 
elabore um registro comum sobre essa temática.
O último item do capítulo se dedica ao estudo das 
contradições e do processo de radicalização política 
que levaram à eclosão da Guerra Civil espanhola
É importante que fique claro que o conflito não foi 
apenas um mero prelúdio da Segunda Guerra Mundial. 
Analisar a situação da Espanha na década de 1930 é um 
bom caminho para se compreender o clima de radica-
lização política entre as forças de direita e as forças de 
esquerda na europa. Durante a Guerra Civil Espanhola, 
os nazistas testaram a sua Força Aérea, a 
Luftwaffe
com a Legião Condor bombardeando a cidade basca 
de Guernica, que tinha tendência separatista. O bom-
bardeio serviu de inspiração para o monumental painel 
do pintor espanhol Pablo Picasso
Guernicaanalisado 
de forma detalhada na seção 
Olho vivo, na página 90. 
Picasso nunca permitiu que 
Guernica fosse exposto 
na Espanha enquanto durasse a ditadura franquista. 
Apenas em 1977, quando foram realizadas as primeiras 
eleições livres na Espanha desde 1936, é que a obra foi 
para a terra natal de seu autor.
orGAnIzAndo AS IdeIAS
(p. 81)
1. Entre 1914 e 1920, a riqueza dos Estados Unidos 
aumentou cerca de 250% devido às exportações de 
diversos produtos (gêneros alimentícios, armamen-
tos, etc.) não só para os países da Europa, mas tam-
bém para a América Latina e a Ásia. Esse processo 
foi acompanhado pela mecanização da produção 
agrícola, pelo aumento da produção industrial e 
pelo crescimento do comércio e do consumo, já que 
o preço das mercadorias caiu com a melhora geral 
nos níveis produtivos. Embora a riqueza produzida 
no período estivesse concentrada nas classes média 
e alta e não alcançasse a maior parte da população, 
criou-se a ilusão de que a prosperidade era genera-
lizada.
2. A partir dos anos 1920, o ingresso de imigrantes 
passou a ser controlado porque começaram a ser 
vistos como ameaça ao emprego dos trabalhadores 
estadunidenses e como responsáveis pela difusão 
de ideias anarquistas e socialistas. Os que não es-
condiam suas concepções revolucionárias eram 
perseguidos e deportados do país. Outra evidência 
do crescimento da intolerância foi o fortalecimento 
de organizações que perseguiam minorias, como a 
Ku Klux Klan, que perseguia negros, judeus, imigran-
tes e líderes trabalhistas.
3. Após um período de euforia econômica, a quebra 
da Bolsa de Nova York, em 1929, foi um evento 
marcado pela queda dos preços das ações, o que 
refletiu de forma desastrosa em todos os setores 
da economia dos Estados Unidos. Uma superpro-
dução – muito além da capacidade de consumo da 
população nos Estados Unidos – gerou aumento 
dos estoques, diminuição da produção e demissão 
de trabalhadores. No dia 24 de outubro de 1929, 
o preço das ações despencou, levando à quebra 
(
crash, em inglês) da bolsa. O impacto do crash para 
a economia norte-americana foi catastrófico. A 
renda nacional reduziu-se à metade, milhares de 
bancos, fábricas e casas comerciais faliram. Cerca 
de 15 milhões de trabalhadores ficaram desempre-
gados e, no campo, muitos agricultores, sem ter 
como pagar as dívidas, abandonaram suas terras. A 
fome e a miséria espalharam-se pelo país. A Grande 
Depressão propagou-se rapidamente para outros 
países que mantinham relações comerciais com os 
Estados Unidos ou contavam com investimentos 
de capital estadunidense. A produção industrial 
das principais nações capitalistas caiu em até 50% 
e o comércio mundial desestruturou-se. O governo 
do presidente Roosevelt propôs uma nova políti-
ca, conhecida como
 New Deal (Novo Acordo), que 
procurava articular as ações do governo com a 
iniciativa privada, intervindo diretamente na eco-
nomia. Entre as medidas de Roosevelt estavam: a 
desvalorização do dólar para tornar as exportações 
mais competitivas; empréstimos aos bancos para 
evitar novas falências; implantação de um sistema 
de seguridade social, com a criação do seguro-de-
semprego; criação de um vasto programa de obras 
públicas com o intuito de gerar novos empregos; a 
contratação de 3 milhões de jovens para projetos 
ambientais; a criação do salário mínimo; o direito 
de organização sindical; e o estímulo à produção 
agrícola.

Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   428   429   430   431   432   433   434   435   ...   513




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal