Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página431/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   427   428   429   430   431   432   433   434   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
ascensão do fascismo com os problemas decorrentes 
da Primeira Guerra Mundial, assim como o crescimento 
dos partidos e de ideologias de esquerda, principalmen-
te socialistas e comunistas. Com base nisso, os alunos 
podem compreender que o fortalecimento das dou-
trinas totalitárias surgiu também como uma forma de 
combater os movimentos de esquerda. Foi até por causa 
do avanço das esquerdas que Benito Mussolini criou o 
movimento Fasci Italianidi Combatimento em 1919, base 
do Partido Fascista Italiano. Outro ponto importante na 
consolidação do fascismo na Itália foi a intervenção do 
Estado nas relações trabalhistas, com a instituição da 
Carta del Lavoro (Carta do Trabalho). Com isso, o governo 
concedeu determinados benefícios aos trabalhadores, 
garantindo apoio ao regime. Mas essa legislação proibiu 
greves e extinguiu os sindicatos. Para o fechamento 
desse item, pode-se propor uma Atividade Alternativa 
que consiste em debater com os alunos sobre a sedução 
que o discurso totalitário pode ter para a sociedade, in-
clusive a atual. Geralmente, esses discursos apresentam 
a promessa de ordem, organização e a exaltação do 
nacionalismo, em detrimento de uma suposta desor-
ganização provocada pela manutenção das liberdades 
individuais, características dos regimes democráticos. 
Pode-se levar essa discussão para o presente ao apontar 
que em momentos de crise econômica e política em 
nosso país, muitas vezes surgem pessoas e grupos que 
defendem a interrupção da ordem democrática e a volta 
de um regime autoritário.
Sobre semelhanças e diferenças entre o nazismo 
e o fascismo italiano destacamos: o Partido fascista 
Italiano foi o primeiro a chegar ao poder na Europa 
e acabou servindo de modelo tanto para o Partido 
Nazista quanto para o próprio Adolf Hitler em sua 
trajetória rumo à construção do Terceiro Reich. O na-
zismo apresenta alguns aspectos, como o arianismo 
o antissemitismo, que o torna específico e o diferencia 
do fascismo italiano. Além da força e do carisma per-
sonalista de Adolf Hitler, o Partido Nazista chegou ao 
poder com o apoio de parte da população, não só de 
segmentos empresariais interessados em deter o avan-
ço das esquerdas, mas também de grupos da classe 
trabalhadora, que projetava no nazismo a superação 
da crise econômica e certos ganhos trabalhistas (ver 
Texto complementar 2). Nesse sentido, e considerando 
o eixo conceitual dessa unidade, a propaganda teve 
papel fundamental em criar um consenso entre par-
te da população de que a política totalitária seria o 
melhor para a Alemanha. Em cartazes e panfletos da 
época, Hitler é apresentado como aquele que vai “sal-
var a pátria”. Após a consolidação do Terceiro Reich, 
muitos filmes também foram produzidos e utilizados 
como propaganda do regime. Também é importante 
discutir a perseguição aos opositores e às minorias 
étnicas, principalmente aos judeus. Aos poucos, os 
judeus perderam sua cidadania até que finalmente 
começaram a ser enviados aos campos de concentra-
ção. Nesse momento, pode ser interessante trabalhar 
a questão da intolerância e da xenofobia nos dias 
atuais e como ambas podem levar a tragédias, como o 
holocausto. Nesse caso, é possível traçar um paralelo 
com a situação atual da Europa, que vive um crescen-
te clima de tensão e xenofobia. Na seção Eu também 
posso participar, na página 86, os alunos podem refletir 
sobre a importância da democracia, da liberdade de 
expressão e de pensamento, das eleições livres e do 
voto consciente. O objetivo é mostrar a importância 
da participação política da população não apenas nas 
eleições em si, mas no processo político como um todo.
Para explorar uma terceira forma de regime to-
talitário, é possível propor a discussão do subtítulo 
Totalitarismo soviético. Para isso, pode-se retomar as 
questões trabalhadas no capítulo 2 deste volume e 
lembrar os alunos que o líder do Partido Comunista, 
Josef Stalin, venceu a disputa contra seus opositores 
pelo controle da União Soviética e passou a ser consi-
derado uma figura que reprimia duramente os que o 
questionassem. Nessa perspectiva, pode-se explicar 
que esse processo deu origem a um regime totalitário 
também na União Soviética. O governo adotou medi-
das violentas para controlar a população, inclusive com 
a detenção de mais de 5 milhões de pessoas, trabalho 
HPP_v3_PNLD2018_MPESPEC_305a384.indd 324
6/2/16 5:50 PM



Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   427   428   429   430   431   432   433   434   ...   513




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal