Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página397/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   393   394   395   396   397   398   399   400   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
308 MANUAL DO PROFESSOR
pode-se organizar uma reflexão final da classe e fazer 
um balanço do resultado de cada grupo.
de olho no mUndo
(p. 15)
A resposta depende da realidade local e da reflexão 
do grupo em relação à discriminação e ao preconceito, 
que são conceitos mais abrangentes do que a noção 
de racismo. Como ponto de partida, pode-se discutir 
o significado dos termos discriminaçãopreconceito e 
racismo. Discriminação é o tratamento desfavorável 
dado a uma pessoa ou grupo com base em caracterís-
ticas físicas, étnicas, religiosas, etc. Por exemplo: não 
contratar uma pessoa pelo fato de ela ser gorda ou por 
não ser branca. Preconceito é o conceito ou opinião 
formados antecipadamente, sem conhecimento dos 
fatos, ou resultante de uma generalização ilógica de 
um fato. Trata-se de uma ideia preconcebida e desfa-
vorável a um gênero, grupo étnico, religioso ou social. 
Afirmações feitas muitas vezes em nossa sociedade, 
como “mulher não sabe dirigir”, “homem não chora”, 
são exemplos de preconceito. Já racismo é uma dou-
trina que afirma haver relação entre características 
étnicas e desenvolvimento cultural. Segundo essa 
concepção, alguns grupos étnicos são, por natureza, 
superiores a outros. Foi o caso da segregação imposta 
pelo apartheid na África do Sul, por exemplo. Professor, 
é importante que as diferentes opiniões sejam ouvidas 
em sala de aula. Podem surgir grupos ou alunos que 
afirmem que não há essas práticas no Brasil. Solicite 
que exponham suas opiniões e argumentos. Não é pre-
ciso chegar a uma conclusão única, mas é importante 
criar um ambiente para que se valorizem as diversas 
opiniões sobre o assunto.
orGAnIzAndo AS IdeIAS
(p. 20)
1. No período compreendido entre a segunda metade 
do século XIX e os primeiros anos do século XX, 
novas máquinas e diversos inventos surgiram. Po-
demos citar, cronologicamente: a bicicleta (1861), 
o metrô (1863), o bonde elétrico (1874), o telefone 
(1876), o fonógrafo (1877), a locomotiva elétrica 
(1879), o automóvel (1886), o telégrafo sem fio e o 
cinema (1895), entre outros. Além disso, no período 
ocorreram mudanças importantes paraa atividade 
industrial, com a utilização do aço e a exploração 
do petróleo e da energia elétrica. Essas transfor-
mações resultaram naquilo que foi chamado de Se-
gunda Revolução Industrial. Todas essas mudanças 
e inovações alteraram o funcionamento do capita-
lismo, resultando na concentração de capitais e na 
formação de empresas cada vez maiores, o que deu 
origem a um capitalismo monopolista, em oposição 
ao capitalismo competitivo da fase anterior.
2. A concentração de capitais nas grandes empresas 
provocou a necessidade de investimentos em ou-
tros continentes, como a África e a Ásia, e em outros 
países da América Latina. Também foi necessário 
ampliar as fontes de matérias-primas (carvão, ferro, 
petróleo) e aumentar os mercados consumidores 
para os produtos industrializados europeus e esta-
dunidenses. As potências europeias tinham ainda 
interesse geopolítico na formação de impérios 
coloniais, por isso se observou uma associação de 
interesses entre o capital monopolista e os Estados 
nacionais europeus. Essa associação produziu um 
novo tipo de imperialismo, isto é, uma expansão 
econômica e militar promovida pelas nações in-
dustrializadas da Europa e, posteriormente, pelos 
Estados Unidos.
3. A Conferência de Berlim procurou evitar conflitos 
entre as potências europeias, dividindo o continen-
te africano segundo áreas de interesse e dominação 
das nações europeias. Na prática, a Conferência 
retalhou todo o continente, com exceção de três 
regiões que permaneceram independentes (uma 
Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   393   394   395   396   397   398   399   400   ...   513




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal