Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página369/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   365   366   367   368   369   370   371   372   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
de experimentação, como gravação de vídeo, elabo-
ração de músicas, poesias, jornais, encenação teatral, 
pesquisa de opinião, entrevistas, etc. Nesta coleção, em 
ocasiões em que essa interdisciplinaridade se torna mais 
evidente, foi aplicado o selo Dialogando com... .
Como “aprender”?
Tendo em vista a perspectiva de construção do 
conhecimento histórico e a formação para a cidada-
nia, procuramos delinear como os alunos poderão 
aprender e compreender fatos e processos históricos 
e, também, entender a realidade em que vivem.
Sabemos que não existem receitas prontas ou 
infalíveis, mas acreditamos que um bom começo seja 
incentivar os alunos a utilizar os saberes que já pos-
suem, contribuindo para o resgate de sua autoestima 
pedagógica e social. É essencial dar importância aos 
conhecimentos prévios dos alunos e oferecer-lhes a 
oportunidade de se expressar sobre esses conhecimen-
tos, expondo suas opiniões e seus valores.
Acreditamos também ser importante realizar um 
trabalho no sentido de desenvolver a observação dos 
alunos em relação ao mundo em que vivem. Assim, 
eles poderão perceber que questões aparentemente 
simples da vida ou da comunidade em que vivem estão, 
muitas vezes, relacionadas com temas globais. Ao fazer 
isso, eles poderão identificar as relações sociais ao 
seu redor e relacioná-las (ou não) com as do passado. 
Essa atitude lhes servirá como ponto de partida para 
a compreensão tanto do presente como do passado.
Para concretizar essa possibilidade, oferecemos tex-
tos e discussões sobre importantes questões relacionadas 
ao passado e ao mundo contemporâneo, pois, como afir-
ma o historiador Eric Hobsbawm, “ser membro da comu-
nidade humana é situar-se com relação a seu passado” 
24
.
Tão importante quanto oferecer aos alunos textos 
e informações, é encontrar estratégias que os tornem 
capazes de fazer uma leitura do passado e do presente 
e prepará-los para transpor esse conhecimento para 
novas situações. Para isso, acreditamos ser primordial o 
papel do(a) professor(a), profissional com formação em 
História e conhecedor(a) da realidade de seus alunos. 
Ele(a) deve desenvolver estratégias que sejam perti-
nentes e adequadas à sua realidade escolar. É ele(a) 
que “pode ensinar o aluno a adquirir as ferramentas de 
trabalho necessárias, o saber-fazer, o saber-fazer-bem, 
lançar os germes do histórico. Ele é o responsável por 
ensinar o aluno a captar e a valorizar a diversidade dos 
pontos de vista. Ao professor cabe ensinar o aluno a le-
vantar problemas e a reintegrá-los num conjunto mais 
vasto de outros problemas, procurando transformar, 
em cada aula de história, temas em problemáticas”
25
.
Para nós, o livro didático, assim como outros ma-
teriais e procedimentos, pode ser um importante ins-
trumento de apoio para o trabalho do professor. Além 
de ser um depositário dos conteúdos históricos organi-
zados sistematicamente, ele também pode auxiliá-lo 
na tarefa de desenvolver competências e habilidades 
essenciais para a formação dos alunos, como leitura e 
análise, material de consulta, contextualização e inter-
pretação de diversos tipos de fontes e testemunhos, 
tanto do passado quanto do presente, etc.
Foi com base nessas premissas que elaboramos 
esta coleção. Buscamos oferecer textos e imagens 
22
CURRIE, Karen. Meio Ambiente – Interdisciplinaridade na prática. São Paulo: Papirus, 2007. p. 11.
23
Nesse sentido, vale destacar a importância da utilização de diferentes linguagens no ensino e na reflexão sobre a história. Como afirma Flávia Cópio Esteves, 
o “uso de diferentes fontes e linguagens – compreendidas entre imagens, obras literárias, artigos de jornal, filmes e música – compõe um terreno fértil para 
pensar a sala de aula não como um local de simples transmissão do conhecimento, mas como momento e espaço de produção do saber histórico”. ESTEVES, 
Flávia Cópio. Interpretações do passado, leituras do tempo presente: notas sobre o diálogo entre história e cinema. In: ABREU, Martha; SOIHET, Rachel; 
GONTIJO, Rebeca (Org.). Cultura política e leituras do passado. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007. p. 481.
24
HOBSBAWM, Eric. Sobre História. São Paulo: Companhia das Letras, 2007. p. 22.
25
SCHMIDT, Maria Auxiliadora. A formação do professor de História e o cotidiano da sala de aula. In: BITTENCOURT, Circe (Org.). O saber histórico na sala de aula
São Paulo: Contexto, 2006. p. 57.
HPP_v3_PNLD2018_MPGERAL_289a304.indd 296
6/2/16 5:51 PM



Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   365   366   367   368   369   370   371   372   ...   513




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal