Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd


autonomia dos países integrantes



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página304/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   300   301   302   303   304   305   306   307   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
autonomia dos países integrantes
O país se desmembrou em 15 nações independentes, 20 repúblicas au-
tônomas (16 delas dentro da recém-criada Federação Russa) e oito regiões 
autônomas (cinco das quais no interior da Federação Russa). Com exceção de 
Estônia, Letônia e Lituânia, os novos países aderiram à CEI.
Com o fim da
 
União Soviética, minorias étnicas se engajaram em lutas de 
caráter nacionalista e separatista. Na Federação Russa, por exemplo, a Che-
chênia tem aspirações de ser um Estado autônomo. A resistência russa se dá 
por causa das jazidas petrolíferas da região, que está na rota de exportação 
do petróleo russo para a Europa ocidental.
Na Moldávia, na Geórgia e no Tajiquistão também há esse tipo de aspiração. 
Desde 1992, a Armênia e o Azerbaijão disputam a posse de Nagorno-Karabakh
um território de população majoritariamente armênia, encravado no Azerbaijão.
xadrez da influência internacional
Embora a polarização do período da Guerra Fria tenha terminado, a Rús-
sia ainda é importante na diplomacia internacional e mantém posições, 
muitas vezes, discordantes em relação às dos Estados Unidos. O desejo russo 
de manter uma esfera própria de influência resultou no apoio a partes adver-
sárias às defendidas pelos estadunidenses em conflitos recentes no Oriente 
Médio – e na crise na Síria (desde 2011) –, nos Bálcãs e na Ucrânia.
Esta última começou em novembro de 2013, quando o presidente ucra-
niano Victor Yanukovich, de origem russa, rejeitou um acordo político e eco-
nômico com a União Europeia. Opositores ao seu governo viram esse gesto 
como uma submissão aos interesses russos e organizaram protestos que 
foram violentamente reprimidos, resultando em dezenas de mortes. Com o 
acirramento das tensões, em fevereiro de 2014, Yanukovich deixou a capital 
Kiev e se instalou na cidade de Kharkiv, o que serviu de pretexto para o Par-
lamento ucraniano destituí-lo do cargo e convocar novas eleições.
234

Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   300   301   302   303   304   305   306   307   ...   513




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal