Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página28/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
África em pedaços
A partilha da África no século XIX teve início em 1876, quando os belgas
governados pelo rei Leopoldo II, estabeleceram-se na bacia do rio Congo – uma 
vasta região rica em minérios – e subjugaram a população ao domínio da Bélgica.
A partir de então, iniciou-se uma verdadeira corrida entre as nações eu-
ropeias interessadas em conquistar um pedaço do continente africano. Para 
resolver os problemas advindos dessa disputa, foi realizada na Alemanha, 
entre 1884 e 1885, a Conferência de Berlim, na qual foram decididas as regras 
para a partilha da África entre as nações europeias. O continente foi inteira-
mente retalhado entre seus pretendentes (veja o mapa abaixo).
4
20º L

Trópico de Capricórnio
Equador
Trópico de Câncer
Mar Vermelho
OCEANO
ATLÂNTICO
OCEANO
ÍNDICO
M a r
M
e
d i t e r r â n e o
Madeira
Canárias
Cabo Verde 
(POR)
Príncipe (POR)
São Tomé (POR)
Seychelles 
(ING)
Maurício 
(ING)
MADAGASCAR
Á S I A
EUROPA
TUNÍSIA
MARROCOS
IFNI
MARROCOS
ESPANHOL
ARGÉLIA
LÍBIA
EGITO
MAURITÂNIA
NÍGER
SENEGAL
CHADE
GÂMBIA
GUINÉ
SERRA 
LEOA
LIBÉRIA
COSTA
DO
MARFIM
TOGO
DAOMÉ
NIGÉRIA
RIO MUNI
GABÃO
UGANDA
ERITREIA
ANGOLA
SUAZILÂNDIA
M
O
Ç
A
M
B
IQ
UE
ÁFRICA OCIDENTAL FRANCESA
RIO DE OURO
SUDÃO 
FRANCÊS
GUINÉ 
PORTUGUESA
COSTA DO 
OURO
ALTO
VOLTA
CAMARÕES
Á
FR
IC
A
E
Q
U
A
T
O
R
IA
L
F
R
A
N
C
E
S
A
CONGO
BELGA
SUDÃO 
ANGLO-EGÍPCIO
SOMÁLIA
FRANCESA
SOMÁLIA
BRITÂNICA
ABISSÍNIA 
(ETIÓPIA)
SOMÁLIA
ITALIANA
ÁFRICA 
ORIENTAL 
BRITÂNICA
ÁFRICA 
ORIENTAL 
ALEMÃ
NIASSALÂNDIA
RODÉSIA
DO NORTE
RODÉSIA
DO SUL
ÁFRICA 
DO SUDOESTE 
ALEMÃ
BECHUANALÂNDIA
TRANSVAAL
BASUTOLÂNDIA
UNIÃO DA 
ÁFRICA 
DO SUL
Comores 
(FRA)
Canal de Suez
Alemanha
Bélgica
Espanha
França
Inglaterra
Itália
Portugal
Países independentes
Territórios sob controle de 
países europeus antes de 1914
0
1
050
2 100
km
A partilha da África (1876-1914)
Charge inglesa ironiza o sonho de 
Cecil Rhodes, colonizador e 
homem de negócios inglês, de ver 
as possessões britânicas na África 
se estenderem do extremo sul do 
continente até o Egito, no norte. 
Criada por Edward Sambourne, a 
charge foi publicada pela 
primeira vez em 1892, na revista 
satírica inglesa 
Punch.
P
u
n
c
h
, L
o
n
d
re
s
/A
rq
u
iv
o
d
a e
d
it
o
ra
Adaptado de: WORLD History Atlas: Mapping the Human Journey. London: Dorling Kindersley, 2005.
Em menos de duas décadas, muitas fronteiras foram estabelecidas para aten-
der às necessidades dos países imperialistas, sem considerar as divisões étnicas 
e culturais dos povos africanos. Dessa maneira, povos que originalmente viviam 
em conflito étnico e cultural foram agrupados em um mesmo território. De modo 
inverso, grupos que compartilhavam o espaço geográfico harmoniosamente fo-
ram separados. Tal situação repercutiria em terríveis conflitos étnicos posterior-
mente, por exemplo, entre hutus e tútsis em Ruanda, ocorridos em 1994.
resistência africana à colonização europeia foi intensa, o que gerou 
guerras em diversas regiões. Apesar disso, os africanos foram suplantados 
pela superioridade militar e tecnológica dos colonizadores, que dispunham 
de canhões e metralhadoras.
Apenas na segunda metade do século XX os países africanos começariam 
a reconquistar sua independência. Algumas regiões, como Angola e Moçam-
bique, permaneceram na condição de colônia até a década de 1970 (veja a se-
ção Passado presente a seguir).
B
a
n
c
o d
e i
m
a
g
e
n
s
/A
rq
u
iv
o
d
a e
d
it
o
ra
16
UNIDADE 1 

Ciência e tecnologia
HMOV_v3_PNLD2018_008a028_U1_C1.indd 16
21/05/16 20:04



Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   513




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal