Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página250/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   246   247   248   249   250   251   252   253   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
a luta armada no brasil
Para muitos, o AI-5 representou um golpe dentro do golpe. Nesse clima 
repressivo, um grande número de jovens, muitos dos quais sob a liderança 
de dissidentes do
 partido comunista brasileiro (pcb)
, decidiram deixar de 
lado os protestos pacíficos e partir para a luta armada. Surgiram, assim, gru-
pos guerrilheiros, com aproximadamente quinhentos combatentes, entre 
homens e mulheres, que tentavam derrubar o governo com ataques como 
assaltos, atentados, sequestros, etc.
Inicialmente, os guerrilheiros assaltavam bancos para arrecadar fundos 
para suas ações. Depois, passaram a sequestrar diplomatas estrangeiros exi-
gindo, como resgate, a libertação de presos políticos. Como resultado de algu-
mas dessas ações, 15 presos políticos foram trocados em 1969 e 40 em 1970.
Em 1970, o capitão do Exército 
Carlos Lamarca, da Vanguarda Popu-
lar Revolucionária (VPR), abandonou 
seu quartel em Quitaúna, no estado 
de São Paulo. Ele levou consigo 63 fu-
zis e três submetralhadoras e aderiu 
à luta armada. Perseguido, foi execu-
tado na Bahia em 1971, em uma ação 
comandada pelo major Nilton Cer-
queira de Albuquerque.
Reúna-se em grupo e façam uma pesquisa sobre um dos artistas e intelectuais citados no texto. Descu-
bram suas opiniões a respeito da ditadura civil-militar. Apresentem a obra desse artista para a classe.
de OlHO NO MuNdO
partido comunista 
brasileiro (pcb): 
fundado 
em 1922, o PCB surgiu como 
Partido Comunista do Brasil, 
em 1921. Esse nome mudou 
em 1962 para Partido 
Comunista Brasileiro, visando 
fortalecer o fato de ser um 
partido brasileiro, e não 
vinculado à União Soviética. 
O PCB foi reprimido e atuou 
clandestinamente até 1985, 
quando pôde ser legalizado.
A
nd

D
us
e
k
/A
g
ên
ci
a
E
s
ta
d
o
Cartaz com os dizeres “Procura-se”, um número de 
telefone de denúncia e a imagem do ex-capitão do 
Exército, o guerrilheiro Carlos Lamarca. O cartaz, do 
final da década de 1960, também divulgava 
características de outros perseguidos políticos.
190
UnidAde 3 

Violência
HMOV_v3_PNLD2018_178a203_U3_C9.indd 190
21/05/16 20:18


Entre 1968 e 1974, desenvolveu-se na região do 
araguaia
(divisa entre 
os atuais estados do Pará e Tocantins) um importante núcleo guerrilheiro 
organizado pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB). O grupo atuou na clan-
destinidade por quase quatro anos, até 1972, quando o Exército desarticulou 
o movimento em 1974. Os guerrilheiros foram torturados, presos e alguns 
foram mortos. Esse foi um dos poucos casos de guerrilha rural do Brasil. No 
fim do governo Médici, a guerrilha já havia sido praticamente desarticulada.

Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   246   247   248   249   250   251   252   253   ...   513




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal