Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página178/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   174   175   176   177   178   179   180   181   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
UnidAde 2 

Meios de comunicação de massa
HMOV_v3_PNLD2018_131a153_U2_C7.indd 134
21/05/16 20:15


ações anticapitalistas da uRss
Na União Soviética, o governo também desenvolveu um plano de auxílio 
econômico aos países do bloco comunista para isolá-los do capitalismo.
Com a morte de Stalin, em 1953, Nikita Kruschev tornou-se o presidente 
da URSS. Em 1954, o governo soviético criou seu serviço de inteligência e 
espionagem internacional, a KGB, sigla em russo de
 Comitê para a Segu-
rança do Estado
Em 1955, em reação à fundação da Otan, os países do bloco 
comunista formaram uma aliança militar denominada
 Pacto de Varsóvia.
passadO pReseNte
Outros muros da vergonha
O Muro de Berlim foi derrubado em novembro de 1989, depois de manter a cidade alemã se-
parada em duas partes por quase três décadas. Nesse período, ele separou famílias e amigos e, na 
tentativa de atravessá-lo, 18 mil e 300 pessoas foram presas e 270 morreram.
Entretanto, ainda hoje, novos muros são erguidos para separar pessoas, povos ou países com 
interesses diferentes. Veja alguns exemplos.
estadunidenses 
versus mexicanos: em 2006, o governo dos Estados 
Unidos iniciou a construção de um muro ao longo da fronteira que 
separa os dois países. O objetivo é impedir a entrada de imigrantes 
ilegais no país, principalmente mexicanos e centro-americanos. 
Muitos estudiosos sugerem que a construção tem caráter 
ideológico, pois impediria a integração entre povos desenvolvidos e 
subdesenvolvidos. Foto de Nogales, no estado do Arizona, 2013.
israelenses 
versus palestinos: em 2002, o governo de Israel deu início 
à construção de um muro na fronteira entre seu país e a região 
palestina da Cisjordânia. Segundo as autoridades israelenses, a 
barreira pretende evitar a infiltração de suicidas palestinos no 
território israelense. Em 2004, o Tribunal Internacional de Justiça 
de Haia declarou o muro ilegal, uma vez que invade terras palestinas 
e deixa milhares de pessoas isoladas. Diante disso, o governo 
israelense alterou o traçado do muro, mas ainda assim ele invade 
aproximadamente 4,5% do território da Cisjordânia. O 
grafitti no 
muro, do artista Banksy, faz protesto à situação. Foto de 2005.

Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   174   175   176   177   178   179   180   181   ...   513




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal