Hpp historia V3 pnld2018 Capa al pr indd



Baixar 43.85 Mb.
Pdf preview
Página119/513
Encontro04.08.2022
Tamanho43.85 Mb.
#24483
1   ...   115   116   117   118   119   120   121   122   ...   513
HisTPassadoPresente 3 MP 0027P18043 PNLD2018
terceiro Reich alemão
. Após a morte do 
marechal Hinderburg, em agosto de 1934, Hitler unificou os cargos de chance-
ler e de presidente, adotando assim o título de führer (chefe).
6
FilME
Veja o filme 
O ovo da 
serpente,
de Ingmar 
Bergman. Alemanha/
Estados Unidos, 1979. A 
história se passa em 1923, 
em Berlim, pouco antes de os 
nazistas chegarem ao poder. 
No filme, um trapezista 
estadunidense e sua 
cunhada viúva tentam 
sobreviver durante a 
recessão econômica e, sem 
querer, se empregam em 
uma clínica que faz 
estranhas experiências.
terceiro Reich alemão:
em português, reich significa 
império ou reino. Na história 
da Alemanha, o Primeiro 
Reich corresponde ao Sacro 
Império Romano-Germânico, 
entre 962 e 1806; e o Segundo 
Reich, ao que se formou com 
a unificação alemã, entre 
1870 e 1918.
“O golpe final”. Nesse cartaz da campanha eleitoral do Partido Nazista 
alemão para o pleito de 1933, fica clara a intenção de Hitler de como 
lidar com o Partido Católico e os comunistas.
A
lb
um
/A
kg
-i
m
ag
es
/L
at
in
st
ock
Professor(a), veja no Procedimento Pedagógico deste capítulo uma sugestão de texto complementar 
que relaciona o contexto alemão após a Primeira Guerra Mundial com o surgimento do nazismo.
85
O período entreguerras e a ascensão do totalitarismo 

CAPÍTULO 4
HMOV_v3_PNLD2018_074a097_U2_C4.indd 85
21/05/16 20:09


Eu tAMbÉM pOSSO pARtiCipAR
A importância do voto consciente
De certa maneira, pode-se dizer que o 
colapso da democracia na Alemanha come-
çou nas eleições de 1932, quando os nazistas 
conquistaram: o controle de quatro governos 
estaduais, a maioria no 
Reichstag (Parlamen-
to alemão), com 230 cadeiras, e 13 milhões de 
votos. Vitorioso nas eleições, no ano seguinte 
Hitler assumiria o controle total do país.
A rápida ascensão do nazismo nas urnas (e 
nos valores do povo alemão) revela quão impor-
tante é escolher bem um candidato nas eleições. 
O voto em candidatos ao Poder Executivo é um 
sinal de confiança em sua capacidade de dirigir 
corretamente a cidade, o estado ou o país. Por 
isso, é importante saber em quem confiar.
Infelizmente, em razão de uma série de 
denúncias de corrupção envolvendo políticos 
brasileiros, há um grande número de eleitores 
desacreditados do poder de seu voto e dispen-
sam pouca atenção às propostas dos candida-
tos e aos programas de governo dos partidos 
políticos. Uma das maneiras de evitar a vitória 
de políticos pouco preocupados com a ética e 
com as questões públicas é se informar bem 
antes de digitar o número do candidato na 
urna eletrônica. Veja a seguir alguns aspectos 
importantes que devem ser considerados para 
votar de maneira consciente:

Antes de escolher um candidato, pesquise seu 
passado. Saiba a que partidos ele já esteve fi-
liado, se já ocupou algum cargo 
político, as causas que defendeu, 
as suas realizações etc.

Conheça as propostas do candi-
dato e analise, principalmente, se 
existem recursos e condições 
para que essas “promessas de 
campanha” sejam realizadas.

Assegure-se de que o candidato é 
uma pessoa íntegra, que nunca 
renunciou a um cargo político 
para evitar cassação nem esteve 
envolvido em esquemas de cor-
rupção. Informações a esse res-
peito podem ser encontradas, 
por exemplo, nos 
sites Transpa-
rência Brasil cia.org.br/> e Voto Consciente 

Acesso em: 17 fev. 2016.

Caso descubra que o seu candidato esteve 
envolvido em atos ilícitos ou antiéticos, ou 
ainda se não cumpriu promessas de campa-
nha, avalie seriamente se ele merece sua 
confiança novamente.

Nunca venda seu voto em troca de favores ou 
presentes. O candidato que faz uma proposta 
desse tipo está praticando um ato de corrup-
ção. Denuncie essa prática à Justiça Eleitoral.

Muita atenção nos debates políticos. Descon-
fie de candidatos que não respondem objeti-
vamente às questões sobre assuntos polêmi-
cos ou que se esquivam em sua resposta.

Também é válido assistir a debates promovi-
dos por diferentes canais de televisão e bus-
car informações sobre a campanha dos can-
didatos em meios de comunicação diversos 
e alternativos. Assim, evita-se o “filtro ideo-
lógico ou político” de uma única empresa de 
comunicação.

Lembre-se de que em um regime democráti-
co, o papel dos cidadãos vai além do voto. É 
direito e dever de todos exigir dos candida-
tos a realização das promessas de campa-
nha e a prestação de contas de sua gestão. 
Sempre que julgar necessário, entre em 
contato com os políticos; muitos deles dis-
ponibilizam o telefone de seus gabinetes e 
seus endereços eletrônicos.
Baixar 43.85 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   115   116   117   118   119   120   121   122   ...   513




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal