História do Tempo Presente: oralidade, memória, mídia



Baixar 390.25 Kb.
Pdf preview
Página56/58
Encontro25.04.2021
Tamanho390.25 Kb.
1   ...   50   51   52   53   54   55   56   57   58
Epidemic: Living in the Age of Entitlement. New York: Free Press,
2009.
VEROFF, Joseph, DOUVAN, Elizabeth, KULKA, Richard. The Inner
American: A Self-Portrait from 1957 to 1976. New York: Basic
Books, 1981.
WIKIPEDIA [Website]. Organizational Storytelling. Disponível em:
. Acesso
em: 3 mar. 2014. (2014a)
WIKIPEDIA [Website]. Storytelling. Disponível em: en.wikipedia.org/wiki/Storytelling>. Acesso em: 3 mar. 2014.
(2014b)
WINEBURG, Sam. Historical Thinking and Other Unnatural Acts:
Charting the Future of Teaching the Past. Philadelphia: Temple
University Press, 2001.
WOLFE, Tom. The “Me” Decade and the Third Great Awakening.
New York: Farrar, Straus and Giroux, 1976.
WORLDCAT [Website]. Disponível em: org/>. Acesso em: 3 mar. 2014.
WRIGHT, Katie. The Rise of the Therapeutic Society: Psychological
Knowledge and the Contradictions of Cultural Change. Washington
DC: New Academia, 2011.


224  |  
História do Tempo Presente:oralidade, memória, mídia


História do Tempo Presente:oralidade, memória, mídia
  |  225
Sobre as autoras,
os autores e a
organizadora
Alexander Freund: 
Professor de História e titular da cadeira de
estudos germânico-canadenses na Universidade de Winnipeg,
Canadá, desde 2002. Realizou sua formação em nível superior
na Universidade de Hamburgo, na Simon Fraser University e
na Universidade de Bremen. Suas pesquisas têm se voltado
especialmente para a História Oral e para a história da
imigração. Entre suas publicações em livro estão: Oral History
and Ethnic History (Ottawa: Canadian Historical Association,
2014); Beyond the Nation? Immigrants’ Local Lives in
Transnational Cultures  ( Toronto: University of Toronto Press,
2012); como coeditor, juntamente com Alistair ThomsonOral
History and Photography (New York: Palgrave, 2011).
Cristiani Bereta da Silva: 
Doutora em História e professora
do Departamento de História, do Programa de Pós-Graduação
em História, do Programa de Pós-Graduação em Educação
da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), bem


226  |  
História do Tempo Presente:oralidade, memória, mídia
como do Mestrado Profissional em Históra - ProfHistória (polo
UDESC). Bolsista produtividade em pesquisa do CNPq.
Realizou sua formação em nível superior na Universidade Federal
de Santa Catarina. Suas pesquisas têm se voltado, nos últimos
anos, para o ensino de História, a formação docente e a cultura
histórica. Entre suas publicações em livro mais recentes estão:
como organizadoraEducar para a nação: cultura política,
nacionalização e ensino de história nas décadas de 1930 e
1940 (Curitiba: CRV, 2014); como organizadora, em conjunto
com Ernesta Zamboni, Ensino de História, memória e culturas
(Curitiba: CRV, 2013).
Dilton Cândido Santos Maynard: 
Doutor em História; professor
do Departamento de História e do Programa de Pós-Graduação
em Educação da Universidade Federal de Sergipe, bem como
do Programa de Pós-Graduação em História Comparada da
Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realizou sua formação
em nível superior na Universidade Federal de Sergipe e na
Universidade Federal de Pernambuco. Suas pesquisas têm se
voltado para a História do Tempo Presente, a memória, a
mídia, a cibercultura e o ensino. Entre suas publicações em
livro estão: Ao pé do ouvido: Sergipe, o Estado Novo e a criação



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   50   51   52   53   54   55   56   57   58


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal