História da África



Baixar 8.23 Kb.
Encontro10.12.2019
Tamanho8.23 Kb.

História da África

Cursinho Triu

Professor Léo

Convidado Especial Guido Santos

Visões sobre a África


Fotografia tirada no Sudão por Kevin Carter que ganhou o Prêmio Pulitzer 1993.

The Hyena & Other Men, de Pieter Hugo, 2008.

Chacal ataca abutres na Tanzânia, no Leste da África, para defender sua comida

ENEM_2013

A África também já serviu como ponto de partida para comédias bem vulgares, mas de muito sucesso, como Um príncipe em Nova York e Ace Ventura: um maluco na África; em ambas, a África parece um lugar cheio de tribos doidas e rituais de desenho animado. A animação O rei Leão, da Disney, o mais bem-sucedido filme americano ambientado na África, não chegava a contar com elenco de seres humanos.

(LEIBOWITZ, E. Filmes de Hollywood sobre África ficam no clichê.)

[Disponível em: http://noticias.uol.com.br. Acesso em: 17 abr. 2010.]

A produção cinematográfica referida no texto contribui para a constituição de uma memória sobre a África e seus habitantes. Essa memória enfatiza e negligencia, respectivamente, os seguintes aspectos do continente africano:

A) A história e a natureza.

B) O exotismo e as culturas.

C) A sociedade e a economia.

D) O comércio e o ambiente.

E) A diversidade e a política.


O continente africano hoje...

Cairo, capital do Egito Maior cidade do país e do mundo árabe Quase 8 milhões de habitantes na cidade, e mais de 24 milhões na sua região metropolitana

Cartum, capital do Sudão Sudão é o terceiro maior país da África, além de terceiro maior do mundo islâmico

Lagos, Nigéria Maior cidade no país; Conurbação de 16 municípios; Quase 8 milhões de habitantes; Maior número absoluto de negros no mundo; Segunda maior cidade da África.


Mapa dos 16 LGA’s* que compõem a Lagos Metropolitana

* Local Government Areas, ou Áreas de Governo Local são unidades administrativas, equivalentes aos “municípios”.


Johannesburgo Principal núcleo urbano, econômico e cultural do país; Apesar disso, não é uma das capitais da África do Sul, sendo estas: Pretória (executiva), Cidade do Cabo (legislativa) e Bloemfontein (judiciária)

Deserto do Saara

  • Aproximadamente 09 milhões de km²
  • Divisor natural entre duas regiões do continente: África mediterrânea (ou saariana) e África subsaariana
  • Segundo maior deserto da Terra (após a Antartida)
  • OBS: Deserto= região que recebe baixa precipitação pluviométrica

África saariana e subsaariana

  • Grandes áreas em que a África é dividida, separadas pelo Saara;
  • Também chamadas de África branca e África negra, respectivamente; mas o uso dessas expressões é problemático.
  • - África saariana (ou mediterrânea):

  • Porção ao norte do continente, próxima ao mar Mediterrâneo;
  • Predomínio da religião muçulmana e de populações árabes;
  • Contato com a Europa desde a Antiguidade;
  • - África subsaariana:

  • A maior parte do continente;
  • Grande diversidade cultural, étnica e linguística, o que dificulta generalizações;

Religiões nativas

  • Diversidade de crenças religiosas;
  • Predomínio da tradição oral, sem textos sagrados escritos;
  • Crenças existentes em várias regiões do continente:
  • Politeísmo → crença em várias divindades;
  • Animismo → crença e adoração de espíritos supostamente presente nos fenômenos naturais;
  • Vida após a morte, separação entre corpo e espírito, reencarnação;
  • Além disso, as três maiores religiões monoteístas (crença em uma única divindade) do mundo também marcaram presença na história do continente africano.
  • OBS: O Candomblé, religião afro-brasileira, é uma religião monoteísta.

Religiões monoteístas na África

Judaísmo

  • Desde a Antiguidade esteve presente no Egito antigo e na Etiópia;
  • Atualmente há um grupo significativo de judeus negros na Etiópia
  • Cristianismo

  • Desde a Antiguidade há grupos cristãos no Egito e na Etiópia
  • Igreja cristã copta: surgiu no Egito antigo, separando-se da Igreja romana (católica) no século V (451), e ainda existe até hoje;
  • A partir do século XV, com a expansão marítima e comercial europeia, há um grande fluxo de missionários católicos para a África;
  • A partir do século XVII, também há expressivo fluxo de missionários protestantes;
  • A partir do século XIX, com a partilha/colonização da África, há uma intensificação das missões religiosas, com o intuito de evangelizar os povos africanos

Islamismo

Islamismo

  • Religião com maior número de seguidores no continente;
  • Processo de islamização começou no século VII;
  • Expansão associada às rotas comerciais provenientes da península arábica;
  • Forma de coesão e formação identitária em sociedades tribais;
  • Indistinção entre liderança religiosa e seculares/ entre Igreja e Estado; poder teocrático ;
  • Aproximação da história do continente com a do restante do mundo islâmico;
  • Mescla do islamismo com religiões locais (sincretismo).

Periodização (europeia) da história da África

  • - Das origens até o século XVI;
  • - Tráfico transatlântico de africanos: Século XVI até meados do XIX;
  • - Colonização: meados do XIX até meados do XX;
  • - Descolonização: de meados do XX em diante;



Compartilhe com seus amigos:


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal