Historia pdf



Baixar 1.68 Mb.
Pdf preview
Página163/222
Encontro14.07.2022
Tamanho1.68 Mb.
#24262
1   ...   159   160   161   162   163   164   165   166   ...   222
pnld 2010 historia
HISTÓRIA E
SOCIEDADE
16218L1722
Autoria:
Bianca Amaral
Diane Valdez
Editora:
FTD


Guia de Livros Didáticos – PNLD 2010
264
que os assuntos mais comuns que se tem estudado e ensinado sobre os municípios rara-
mente ultrapassam a história dos fundadores da cidade. Propõe trabalhar com os conceitos 
fundamentais de várias ciências que compõem as Ciências Humanas, tais como o de tempo 
para a História, o de espaço para Geografia; o de relações sociais para a Sociologia; o de 
cultura para a Antropologia e o de política para a Ciência Política, todos relacionados ao 
conceito de trabalho.
Destaca a proposta de trabalhar com memória e patrimônio, ao indicar museus, lugares 
de memória para que os professores e os alunos frequentem e problematizem a história de 
Brasília, a partir deles. Incentiva ainda que os professores e alunos desenvolvam atividades 
de busca e construção de conhecimentos sobre as regiões administrativas do Distrito Federal. 
Todavia, muitas vezes, não são abordados historicamente os conteúdos para subsidiar as 
discussões propostas.
Em termos pedagógicos, sugere que o trabalho seja realizado a partir da perspectiva 
de construção de conceitos. Valoriza a diversidade cultural do Distrito Federal ao apresentar 
aspectos do modo de vida de diferentes grupos em diferentes tempos. Apresenta um texto 
inicial, atividades, textos complementares extraídos de jornais ou documentos históricos, leis 
e outros documentos como se fossem curiosidades, apontando referências para leitura. Em 
alguns capítulos, apresenta letra de música para relacionar ao tema a ser desenvolvido. Porém, 
são raras as atividades destinadas a explorar as fontes históricas e relacioná-las à produção 
do conhecimento histórico.
Quanto à avaliação da aprendizagem, a opção clara da obra é a construção de formas 
de avaliação processuais, qualitativas, centradas na produção coletiva da turma. Muitas e 
variadas atividades são sugeridas: trabalhos com imagens, música, literatura, jornal, mapas, 
vídeo, trabalhos em grupo, pesquisa orientada na Internet, mas ressalta que é o professor 
quem deve decidir as formas de avaliação.
Nos aspectos referentes a princípios éticos e cidadania, a obra apresenta esforços de 
adaptar-se às exigências legais vigentes em nosso país. Porém, não considera da mesma ma-
neira os diferentes grupos que estiveram presentes no passado e no presente da construção 
da cidade de Brasília. A forma como a obra aborda tais questões para a construção de uma 
cidadania ativa não é completa, podendo ter considerado mais a experiência dos afrodescen-
dentes, das mulheres, indígenas, que, inclusive, assumiram muitas responsabilidades políticas, 
administrativas e técnicas na cidade.
Ao final de cada capítulo, o Manual do Professor sugere outras leituras para a sala de 
aula, bem como outros textos, atividades, propostas e sugestões de bibliografia complementar. 
Apresenta orientações sucintas para o trabalho com fotografias, com música, literatura, jornal 


265
Guia de Livros Didáticos – PNLD 2010
e mapas. Igualmente, tece algumas considerações sobre o trabalho em grupo, com a Internet
e com vídeo em sala de aula.
O Manual do Professor propicia ao docente uma reflexão sobre a concepção que orienta a 
obra didática e sobre o ensino local e regional. Cada unidade e cada capítulo do livro do aluno são 
apresentados sinteticamente ao professor. Os objetivos específicos das atividades propostos 
são explicados e justificados. As atividades são apresentadas como exemplos, estimulando a 
criatividade do professor. Falta, no entanto, maior atenção à importante produção acadêmica 
que focaliza o ensino de História no Brasil, especialmente no ensino fundamental.
projeto gráfico-editorial é bom. Cabem algumas ressalvas quanto às legendas de 
algumas fotos. Falta informação sobre localização das obras de arte apresentadas no livro. A 
foto de um prédio construído em 1962 em área que seria a Universidade de Brasília precisaria 
ser mais clara: qual é o edifício? Onde se localiza? Qual a razão para tamanho destaque? O 
Manual do Professor não sugere atividade nem informa sobre a razão de ser da imagem nessa 
passagem do texto.
O sumário é apresentado em duas colunas, o que dificulta a localização rápida da informação, 
mas uma pequena fotografia marca onde começam as unidades, o que facilita a identificação 
dos capítulos. No livro do aluno, cada unidade tem uma página inteira de abertura com a 
fotografia que consta do sumário. Na parte pós-textual, há um glossário sucinto.

Baixar 1.68 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   159   160   161   162   163   164   165   166   ...   222




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal