Historia pdf



Baixar 1.68 Mb.
Pdf preview
Página134/222
Encontro14.07.2022
Tamanho1.68 Mb.
#24262
1   ...   130   131   132   133   134   135   136   137   ...   222
pnld 2010 historia
218
4º ano – 103 páginas – Unidade 1: Traçando caminhos; Unidade 2: De olho nas cidades; 
Unidade 3: Organizando as cidades.
5º ano – 120 páginas – Unidade 1: As várias faces do Brasil; Unidade 2: Tempo de reis e 
imperadores; Unidade 3: Brasil Republicano; Unidade 4: Um Brasil, vários governos.


219
Guia de Livros Didáticos – PNLD 2010
 Coleção
A coleção insere-se em uma proposta que 
privilegia o cotidiano do aluno, abordando o ensino 
de História através de temáticas. São temas que 
procuram despertar o interesse e a curiosidade 
pelas questões sociais. A intenção é incorporar 
temas da experiência cotidiana no universo dos 
conteúdos escolares, de maneira contextualizada 
e favorável ao diálogo permanente entre diferentes 
tempos e espaços, de modo que o aluno encontre 
relações entre diferentes temporalidades, espaços 
e culturas e progressivamente reconheça as di-
mensões da sua identidade, de seu grupo e outros 
grupos sociais.
Os assuntos tratados em cada livro são: 2º 
ano - a identidade da criança; 3º ano – o consumo 
de alimentos através dos tempos e em diferentes 
culturas; 4º ano – os movimentos populacionais no 
Brasil; 5º ano – o processo histórico de formação 
do povo brasileiro.
A construção dos conceitos de história
perpassa os de tempo e de espaço, propondo-se 
HISTÓRIA NO
DIA A DIA
15771COL06
Autoria:
Cláudia Regina Fonseca Miguel 
Sapag Ricci
Lorene dos Santos
Célio Augusto da Cunha Horta
Editora:
Saraiva Livreiros Editores


Guia de Livros Didáticos – PNLD 2010
220
trabalhar o tempo histórico por meio das noções de permanências e mudanças, semelhanças 
e diferenças, além das perspectivas de estabelecer relações entre o local, regional, nacional e 
mundial. É mérito da coleção explorar as imagens como pontos de partida para a investigação 
sobre determinado tema.
Os pressupostos pedagógicos colocam o professor na condição de mediador e condutor 
do processo formativo dos seus alunos, como também de permanente aprendiz e constru-
tor de estratégias pedagógicas no cotidiano escolar. Apresenta, ao docente, informações 
complementares para ajudar na contextualização do tema e orienta sobre procedimentos de 
aprendizagem.
O tratamento metodológico para trabalhar com as temáticas considera o levantamento de 
conhecimentos prévios dos alunos; a apresentação de informações e conceitos articuladores 
dos temas em estudo; a orientação para a busca de outras fontes de informação e pesquisa; 
a indicação para sistematização, socialização, registro e construção de conhecimentos.
Explora procedimentos que promovem a interação entre a escola, os grupos sociais do 
seu entorno e motivam um posicionamento crítico diante da sociedade. O objetivo declarado 
da obra é a construção de um sujeito consciente da sua cidadania, alguém que respeite e 
valorize uma sociedade multicultural. Sugere-se o uso de textos geradores, muitas vezes, 
imagens, como motivadores da reflexão.
Nesse sentido, desenvolve temas como relações étnico-raciais, preconceito e discriminação 
racial. Ao trabalhar tais temáticas, alimenta o respeito à diferença, assim como a intervenção 
do próprio aluno na realidade. Sobre isso, deve-se considerar a forma como os enunciados 
dos livros são elaborados: “Pense”, “Observe”, “O que você acha?”, são construções comuns, 
num contínuo processo de provocação. Neles, o aluno é incentivado a recolher informações 
sobre a realidade, tentando interpretá-la dentro daquilo que ele possui como referência e, na 
maioria dos casos, a propor intervenções sobre ela.
Manual do Professor oferece alternativas para que o docente desenvolva o seu trabalho, 
ao mesmo tempo em que revela atenção em manter o professor ciente das possibilidades 
dos temas e atividades propostos. Sugere mais de uma alternativa ao professor na maioria 
dos casos observados, ressaltando que o condutor do processo educativo é ele, o professor, 
não o livro. Revela cuidado com aquilo que propõe e demonstra conhecimento das diversas 
dificuldades que poderão aparecer na realização de uma proposta que foge do modelo clássico 
de ensino da História.
A partir do Manual, o professor é orientado para cuidados necessários a fim de lidar com 
determinados assuntos entre as faixas etárias dos alunos de cada ciclo escolar, recebendo 


221
Guia de Livros Didáticos – PNLD 2010
sugestões sobre como ajustar os temas ao cotidiano do discente ou explorar um documento 
que seja considerado complexo para uma leitura individual do aluno.
É perceptível na obra a ausência de glossário para explorar terminologias específicas da 
área. Além disso, as estratégias e atividades propostas nem sempre orientam o fazer do aluno 
para a construção dos conceitos.
Possui um projeto gráfico adequado ao seu público-alvo, marcado por estratégias criati-
vas e pelo rigor no uso das imagens, que são apresentadas com os devidos créditos. Não há 
descuido com mapas, porém, é preciso que se observem também algumas deficiências, como 
erros pontuais de revisão; imagens sem definição, impossibilitando leitura; algumas fotografias 
sem data de produção e alguns textos longos. 

Baixar 1.68 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   130   131   132   133   134   135   136   137   ...   222




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal