Historia pdf


História: Tantas Histórias



Baixar 1.68 Mb.
Pdf preview
Página104/222
Encontro14.07.2022
Tamanho1.68 Mb.
#24262
1   ...   100   101   102   103   104   105   106   107   ...   222
pnld 2010 historia
História: Tantas Histórias problemas de imagens e mapas, sendo que o projeto gráfico 
está mais descuidado.
Apresentam-se, a seguir, as resenhas respectivas desse bloco.


Guia de Livros Didáticos – PNLD 2010
164
A Coleção
A coleção propõe-se a trabalhar com o eixo
temático Cultura, Sociedade e Trabalho. Os 
volumes do 2º e 3º anos partem de um conjunto 
de problemas relacionados ao cotidiano do aluno 
e à sua vivência social na família, na escola e no 
lugar onde vive.
O volume do 4º ano baseia-se nas experi-
ências de diversos sujeitos históricos, como 
indígenas, negros, portugueses e imigrantes, 
em vários tempos e espaços do Brasil. O período 
da colonização é apresentado a partir dos ciclos 
econômicos. Já o volume do 5º ano organiza-se 
pautado nos marcos da História do Brasil: Império 
e República.
Aborda questões referentes à cultura, sua plu-
ralidade e práticas, buscando trabalhar com uma 
diversidade de fontes históricas e priorizando a ob-
servação e interpretação da realidade. Possibilita a 
construção de conceitos históricos, respeitando 
sua historicidade. Apresenta diversidade de textos 
complementares.
TEMPO DE 
APRENDER: HISTÓRIA
15768COL06
Autoria:
Márcia Cristina Hipólide
Mirian Gaspar
Editora:
Companhia Editora Nacional


165
Guia de Livros Didáticos – PNLD 2010
Incorpora temas e conceitos da historiografia contemporânea, tais como o cotidiano, ali-
mentação, trabalho e urbanização, destacando-se a diversidade cultural presente na sociedade 
brasileira. Tem uma preocupação explícita com a construção da percepção das semelhanças e 
diferenças, permanências e transformações, bem como as noções de ordenação, sequência, 
diversidade, continuidade e mudança.
proposta pedagógica apresentada estimula continuamente a participação do aluno, 
valoriza o seu papel no processo de construção do conhecimento como agente do ensino-
aprendizagem, permitindo que desenvolva algumas competências e habilidades necessárias 
para a construção do pensamento autônomo. Propõe a avaliação contínua. Apesar de afirmar 
reiteradamente seu compromisso com a construção de habilidades para análise e interpre-
tação do mundo, verifica-se que suas discussões terminam por consolidar uma postura de 
observação e constatação.
O conhecimento na área pedagógica é relativamente atualizado, havendo a lacuna de discus-
sões e bibliografia pertinentes especificamente ao ensino de História. As imagens são utilizadas 
como elemento didático da obra. Por outro lado, não avança muito quando se trata de levar os 
alunos, a partir do conhecimento histórico adquirido, a refletir criticamente acerca das causas, 
limitando-se, muitas vezes, à constatação e à observação dos problemas e diferenças.
A coleção tem um claro compromisso e preocupação em nortear-se por princípios de pro-
moção da ética e cidadania, construção de uma sociedade plural, justa, igualitária e inclusiva. 
São desenvolvidos conteúdos e atividades referentes à legislação de proteção à criança, ao 
trabalho infantil, às responsabilidades do cidadão, aos direitos à alimentação, saúde, educa-
ção, lazer, cultura, emprego, alimentação e ao respeito com o meio ambiente. Destaca-se o 
tratamento dado às diversas formas de organização familiar.
Em toda a obra, percebe-se zelo pela equidade de gênero, pois apresenta mulheres, de 
todas as etnias formadoras do povo brasileiro, em diferentes trabalhos e profissões. Há um 
texto específico sobre a luta das mulheres contra injustiças sociais e desigualdades. Porém, 
quando trata de temas ligados à seca no Nordeste brasileiro, a abordagem pode levar a uma 
vinculação equivocada desse fenômeno, da emigração e da figura dos retirantes do Nordeste, 
que são referenciados genericamente, sempre como nordestinos, ao invés de, por exemplo
paraibano, pernambucano, cearense, baiano.
No Manual do Professor, discute-se e promove-se a ideia de que o docente deve trabalhar 
de forma interdisciplinar, o que não se verifica como uma estratégia pedagógica recorrente na 
obra. Informa as finalidades e conceitos fundamentais que serão trabalhados com os alunos em 
cada capítulo. Aborda, superficialmente, os princípios e fundamentos da Ciência da História, 
para discentes e docentes.


Guia de Livros Didáticos – PNLD 2010
166
O conceito de tempo apresentado no Manual restringe-se ao cronológico, fazendo menção 
apenas à existência de outras dimensões temporais, sem trabalhá-las com maior profundidade. 
Quando esboça uma conceituação de temporalidade, ritmos de mudanças e permanências, 
o faz de forma confusa sem, entretanto, remeter a autor ou a bibliografia que ratifique tais 
distinções e conceitos.
Sua estrutura gráfico-visual é clara e convidativa, com boa organização gráfica e lingua-
gem adequada. As atividades, das mais variadas, são representadas por ícones específicos, 
e os textos, com os assuntos entrecortados por seções. Há um bom trabalho de ilustração; 
as cores utilizadas são suaves e agradáveis à leitura. O sumário é bem organizado e de fácil 
entendimento, possibilitando localização adequada das partes que compõem os livros. Há 
erros de revisão e impressão.

Baixar 1.68 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   100   101   102   103   104   105   106   107   ...   222




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal