Hfd revista, V. 5, n. 10, p. 73-90, ago/dez 2016 Uma análise crítica das condições de trabalho



Baixar 252.45 Kb.
Pdf preview
Página1/14
Encontro13.07.2022
Tamanho252.45 Kb.
#24247
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   14
8832-Texto do artigo-28251-1-10-20161201


73
HFD Revista, v.5, n.10, p.73-90, ago/dez 2016
Uma análise crítica das condições de trabalho 
na indústria têxtil desde a industrialização do 
setor até os dias atuais
A critical analysis of working conditions in the textile 
industry since the industrialization of the sector to the 
present day
Tatiana Castro Longhi
1
Flávio Anthero Nunes Vianna dos Santos
2


Tatiana Castro Longhi
Flávio Anthero Nunes Vianna dos Santos
Uma análise crítica das condições de trabalho na indústria têxtil desde 
a industrialização do setor até os dias atuais
74
HFD Revista, v.5, n.10, p.73-90, ago/dez 2016
Abstract
The activities related to the texti-
le industry were part of the process that 
led to the industrial revolution in England 
and in the world. However, the working 
conditions of the workers (mostly wo-
men and children) were painful, and sa-
fety at work was not a concern of em-
ployers. Currently, through Ergonomics, 
that adapts the work to the man, there 
are a number of standards to ensure the 
integrity of the worker. However, even 
today there are companies that use child 
labor, exhaustive days, derisory payments 
and unhealthy environments. This article 
presents a critical view about working 
conditions especially in the apparel pro-
duction today.
Key-words: textile industry; work; 
industrial revolution; ergonomics; appa-
rel.
ISSN: 2316.7963
Resumo
As atividades ligadas à indústria têxtil 
foram parte do processo que levou à Re-
volução industrial na Inglaterra e no mun-
do. Porém, as condições de trabalho dos 
operários (a maioria mulheres e crianças) 
eram penosas, e a segurança no trabalho 
não era uma preocupação dos emprega-
dores. Atualmente, através da Ergonomia, 
que adapta o trabalho ao homem, há uma 
série de normas para garantir a integridade 
do trabalhador. Entretanto, ainda hoje exis-
tem empresas que utilizam mão de obra 
infantil, jornadas exaustivas, pagamentos 
irrisórios e ambientes insalubres. Esse arti-
go apresenta uma visão crítica acerca das 
condições de trabalho especialmente na 
confecção do vestuário na atualidade. 
Palavras-chave: indústria têxtil; tra-
balho; revolução industrial; ergonomia; 
confecção.
1 Mestranda, Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Florianó-
polis, SC, Brasil dilonghi@gmail.com
2 Prof. Dr. Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Florianópolis, 
SC, Brasil flavioanvs@hotmail.com


Uma análise crítica das condições de trabalho na indústria têxtil 
desde a industrialização do setor até os dias atuais

Baixar 252.45 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   14




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal