Grécia Atenas, Rodes e muito mais por descobrir


Trabalhar para o desenvolvimento



Baixar 0.93 Mb.
Pdf preview
Página19/128
Encontro24.05.2021
Tamanho0.93 Mb.
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   ...   128
Trabalhar para o desenvolvimento: 

uma voz do coração da Europa

Pierre Shapira © Reporters




10

Anna Patton

A

s fundações privadas come-



çam a aparecer como inter-

venientes importantes no 

desenvolvimento interna-

cional: este ano, pela primeira vez, o 

Comité de Ajuda ao Desenvolvimento 

(CAD) da OCDE inclui fundos da 

Fundação Bill e Melinda Gates nos seus 

dados globais da ajuda. Em 2009, os 

donativos da Fundação Gates – a maior 

fundação privada do mundo – para a 

saúde mundial só foram superados pelos 

donativos do Governo dos EUA e do 

Fundo Mundial de Luta contra a Sida, 

a Tuberculose e o Paludismo, uma par-

ceria público-privada.

Gates, o segundo homem mais rico do 

mundo, disse aos deputados europeus 

que as contribuições privadas não vão 

substituir a ajuda dos governos, mas 

que podem ser “maximizadas”. Tal 

seria especialmente bem-vindo numa 

altura em que muitos governos nacio-

nais estão a reduzir os gastos com ajuda 

– Países Baixos, Áustria, Espanha, Itália 

e Irlanda, todos anunciaram reduções 

recentemente. No entanto, os doadores 

privados muitas vezes dão mais do que 

auxílio. Os participantes num debate 

sobre o papel das fundações, reali-

zado no ano passado em Bruxelas no 

quadro do Fórum sobre Política de 

Desenvolvimento, concordaram que 

podem trazer ideias novas e uma abor-

dagem mais f lexível do que as estrutu-

ras governamentais.  

A eficácia da ajuda e a coordenação de 

projectos também são fundamentais 

para a Comissão Europeia. É por isso, 

disse o Presidente Barroso, “que esta-

mos a trabalhar mais estreitamente com 





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   15   16   17   18   19   20   21   22   ...   128


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal