Grécia Atenas, Rodes e muito mais por descobrir


OC – O Grupo ACP está a olhar



Baixar 0.93 Mb.
Pdf preview
Página17/128
Encontro24.05.2021
Tamanho0.93 Mb.
1   ...   13   14   15   16   17   18   19   20   ...   128
OC – O Grupo ACP está a olhar 

para o seu futuro para além de 

2013. Em Bruxelas existe um sen-

timento de que a importância do 

Grupo ACP diminuiu. Qual é o 

futuro do Grupo? 

Na sua 92.ª sessão, realizada de 8 a 10 

de Dezembro de 2010, o Conselho de 

Ministros ACP tomou a decisão de apro-

var a criação de um Grupo de Trabalho 

a nível de Embaixadores para examinar 

as perspectivas do futuro do Grupo ACP. 

A história conjunta entre a Europa e os 

países ACP já remonta ao período dos 

Impérios. Depois de o Acordo de Cotonu 

(2000-2020) desaparecer, temos de des-

cobrir um novo tipo de relações entre 

nós. O Tratado de Lisboa deve encontrar 

uma forma de manter esta relação. Isso 

tem grande importância tanto para os 

ACP como para a UE, com o apareci-

mento dos BRIC (Brasil, Rússia, Índia 

e China). Temos pela frente desafios 

sem precedentes: um mundo em que 

os desequilíbrios económicos mundiais 

associados à pobreza, o aprofundamento 

das desigualdades e o agravamento das 

condições climáticas estão a criar um 

turbilhão de caos assustador e vulne-

rabilidades mútuas tanto para os ricos 

como para os pobres.

M

er

ca



do n

a Z


âm

bi

a. O a



po

io a


o c

om

ér



ci

o é e


ss

en

ci



al ©

Re



rt

er

es



David Matongo © EP


8

Perspectiva

Hegel Goutier

A

s Jornadas de Cooperação 



Descentralizada, organizadas 

pelo Comité das Regiões (COR) 

e promovidas pelo próprio COR 

e pela Comissão Europeia em Bruxelas

nos dias 29 e 30 de Março de 2011, condu-

ziram a algumas conclusões práticas que 

provavelmente influenciarão a política de 

desenvolvimento da UE, que está agora a 

ser revista com o intuito de descentralizar 

a forma como é conduzida.  

Paralelamente às Jornadas decorreram 

também vários outros eventos, parti-

cularmente um debate sob a égide de 

PLATFORMA, uma associação de auto-

ridades locais e regionais para o desenvol-

vimento, que colocou questões acerca da 

cooperação descentralizada da Comissão 

Europeia, política esta que conduziu a um 

debate animado.  

Dois outros seminários tiveram lugar fora 

do âmbito das Jornadas: um deles sobre o 

tema de «Parceria estratégica UE-África 

relativamente às alterações climáticas: a 

dimensão local de um desafio global» e o 

outro organizado pelo projecto TER-RES, 

Territórios Responsáveis - «O território: 

partilhando significados e redesenhando 

políticas, escalas e dinâmicas de desen-

volvimento».  

O Director-geral do EuropeAid, 

a Direcção-geral da Comissão do 

Desenvolvimento, Fokion Fotiadis e 

o Secretário-geral do COR, Gerhard 

Stahl, presidiram à sessão de abertura 

das Jornadas, no dia 29 de Março de 2011. 

O Sr. Fotiadis expressou satisfação quanto 

ao facto de as Jornadas decorrerem em 

simultâneo com o quadro financeiro e a 





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   13   14   15   16   17   18   19   20   ...   128


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal