Governo do estado da paraíba secretaria de estado da educaçÃo da ciência e tecnologia



Baixar 248.87 Kb.
Pdf preview
Página5/7
Encontro21.07.2022
Tamanho248.87 Kb.
#24322
1   2   3   4   5   6   7
PROJETO DESAFIO CELSO FURTADO - Pra Ganhar
Trabalho segurança do trabalho.
4. METODOLOGIA  
Trabalhar com os alunos inter-relacionando o conhecimento de várias disciplinas 
contribui para que o educando seja capaz de compreende-los como uma construção humana 
que não ocorre de forma isolada, mas é influenciada, e estar ligada a um conjunto de outros 
conhecimentos. Com isso, o aluno poderá compreender a integração entre as diversas áreas do 
conhecimento e da cultura, além de desenvolver suas múltiplas habilidades cognitivas, 
estimulando ainda mais sua aprendizagem.
Dessa forma, o Projeto Escola Sustentável: Revitalizando o Espaço Escolar com o 
Plantio de Árvores Frutíferas e Hortaliças, será realizado com alunos de 1 º e 2º anos de 
Ensino Médio da Escola Cidadã \integral Técnica Valdemiro Wanderley de Oliveira, 
participantes do Projeto Desafio Celso Furtado.
O inicío do desenvolvimento do projeto contará com apresentações de vídeos os 
quais discutem sobre os cuidado com o ambiente, sobre as responsabilidades humanas em 
conservar o que é nosso e através deles sensibilizar os educandos sobre o ambiente que 



estão inseridos, assim como pensar sobre os problemas levantados e a necessidade de 
reestruturar, e conservar, novos hábitos e aplicações significativas que promovam 
mudanças em sua realidade.
A realidade que nos rodeia é de extrema complexibilidade, por isso traz 
experiências significativas e a cultura local traz um foco real para o envolvimento dos 
nossos educandos, indagando sobre o papel de cada um como integrante do ambiente, 
proporcionando autonomia e reflexão e ainda a capacidade de uma leitura crítica da 
realidade vivenciada.
Após o conhecimento teórico será necessário à obtenção do espaço para aplicação 
da horta, que utilizará os espaços ociosos dentro dos muros da escola. Assim, será em um 
primeiro momento feita a capinação do local e delimitação dos canteiros para plantação 
das frutas e hortaliças. É importante apontar que será utilizado garrafas PET para 
demarcar os locais para plantação das hortaliças. A utilização de garrafas PET em 
plantações não é uma técnica nova, porém, a mesma incentiva a reutilização e o reuso de 
materiais obsoletos (SILVA,2018).
Serão realizadas reuniões para que os educandos possam ser orientados e 
apresentar ideias, assimilar propostas, rever e discutir experiências.
Após o repasse das orientações e escolhido o local para o plantio ocorrerá à 
preparação do solo e canteiros para receber as sementes. Os alunos então farão o plantio 
das sementes adquirida para o plantio, que foram alface, pimentão, tomate cereja, couve,
coentro e cebola e as árvores frutíferas escolhidas foram a mangueira, aceroleira, 
gravioleira ou graviola, cajueiro e mamoeiro. 
Desse modo, será realizado um formato agrícola visando a utilização dos recursos 
de forma mais consciente e sustentável, levando assim o educando a prática da
responsabilidade social e ambiental ao longo de todo processo de plantio, cultivo e 
colhimento (FRAGMAQ, 2016). Com frutas e hortaliças produzidas na própria escola e 
relacionando essa prática com hábitos saudáveis de alimentação e educação ambiental 
trata-se de uma nova postura, de um novo olhar atento ao diálogo, principalmente para as 
questões ambientais, o ser humano em sintonia e interação com o meio, bem como a 
Baixar 248.87 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal