Geografia no cotidiano: ensino médio, 3º ano



Baixar 11.43 Mb.
Página9/239
Encontro18.07.2022
Tamanho11.43 Mb.
#24300
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   ...   239
Geografia no cotidiano ensino m dio, 3 ano
ticket
VÁ FUNDO!
Assista a:
1492 – a conquista do paraíso
Direção: Ridley Scott. Espanha/França/Inglaterra, 1992, 150 minutos.
Narra a viagem de Cristóvão Colombo, inserida no cenário da expansão ultramarina liderada por Portugal e Espanha, entre os séculos XV e XVI, constituindo um dos principais acontecimentos na passagem da Idade Média para a Idade Moderna.

Página 15


Sua localização geográfica privilegiada e os conhecimentos náuticos e cartográficos produzidos no reino foram fundamentais para que seus navegantes pudessem percorrer milhares de quilômetros por águas desconhecidas. Coube ao navegador português Vasco da Gama, em 1498, a façanha de contornar o continente africano e chegar às Índias, restabelecendo o comércio com essa região.
No mapa a seguir, pode-se observar o percurso das principais expedições europeias pelo mundo:

MARIO YOSHIDA
Fonte: DUBY, Georges. Grand atlas historique. Paris: Larousse, 2008.
Interdisciplinaridade História
A abordagem conjunta desta temática com a disciplina de História, caso seja possível, seria enriquecedora para a aprendizagem do aluno. O professor de História pode promover, neste tópico, um aprofundamento dos diferentes tipos de colonização estabelecidos por portugueses, espanhóis e ingleses. Veja sugestões de leitura no Manual do Professor.
Os países europeus ampliaram seus domínios territoriais para outros continentes, estabelecendo sistemas coloniais na África, América, Ásia e Oceania, subjugando povos nativos e explorando intensamente a mão de obra escrava e os recursos naturais (madeira, minérios e produtos agrícolas). Surgiu, assim, a primeira Divisão Internacional do Trabalho (DIT), conceito já estudado no Volume 1 desta coleção.
O sistema colonial introduzido a partir do século XVI, pelas metrópoles europeias, ficou conhecido como colonização de exploração e apoiou-se basicamente na agricultura monocultora e no extrativismo mineral, na implantação de grandes propriedades (latifúndios), na subjugação da mão de obra nativa, na escravização da população negra africana e na produção voltada para atender aos interesses do mercado externo. Essa colonização exploratória marcou a história das regiões tropicais e da construção do espaço geográfico do mundo subdesenvolvido.
A partir do século XVII, parte das regiões de clima temperado também começou a ser ocupada por colonos, principalmente da Inglaterra, que

Página 16


migravam por causa dos conflitos políticos, sociais e religiosos que atingiam parcela significativa da população inglesa. Esses colonos, entretanto, geralmente migravam com o intuito de permanecer nas novas terras, transformando-as em sua nova pátria.
Esse tipo de colonização ficou conhecido como colonização de povoamento e se caracterizou: pelo desenvolvimento urbano-industrial, pela intensificação do comércio interno, pelo predomínio da pequena propriedade policultora e pelo estabelecimento do trabalho livre (familiar e/ou assalariado).

MARIO YOSHIDA
Fontes: Atlas of world history. Chicago: Rand McNally & Company, 1990; DUBY, Georges. Atlas historico mundial. Madri: Editorial Debate, 1987.

Baixar 11.43 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   5   6   7   8   9   10   11   12   ...   239




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal