Geografia no cotidiano: ensino médio, 3º ano


União econômica e monetária



Baixar 11.43 Mb.
Página28/239
Encontro18.07.2022
Tamanho11.43 Mb.
#24300
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   239
Geografia no cotidiano ensino m dio, 3 ano
ticket
União econômica e monetária

Adoção de moeda única e uma política comum em matéria monetária conduzida por um Banco Central comunitário. Política macroeconômica comum (juros, combate à inflação etc.).

União Europeia (a partir de 2002, com a adoção da moeda comum, o euro).

Alguns desses blocos apresentam importância econômica bastante significativa no cenário mundial, como é o caso do Nafta, da União Europeia, da Apec e do TTP. Juntos, eles são responsáveis pela maior parte das transações comerciais do planeta, apresentam o maior PIB mundial e o maior número de consumidores. Outros têm importância econômica regional, como é o caso do Mercosul (formado por países da América do Sul) e do Mercado Comum Centro-Americano (formado pelos países da América Central).
Observe o mapa a seguir.

MARIO YOSHIDA
Fontes: Concise atlas of the world. 3. ed. Washington: National Geographic Society, 2012; Comunidad Andina (CAN). Quiénes. Disponível em: ; African Union (AU). Memberstates. Country profiles. Disponível em: ; Comunidade dos Estados Independentes (CEI). Disponível em: ; Associação Latino-Americana de Integração (Aladi). Conheça a Aladi. Países-membros. Disponível em: . Acessos em: 21 jan. 2016.
A União Europeia é o bloco econômico mais antigo, cujo processo de unificação iniciou-se na década de 1950. A partir de 1993, ficou estabelecida a livre circulação de pessoas e mercadorias entre os países-membros. Em 1999, a maior parte dos países integrantes da União Europeia adotou uma moeda única, o euro, que entrou em circulação em 2002, quando as moedas nacionais deixaram de existir. A União Europeia apresenta um elevado nível

Página 42


de desenvolvimento econômico, com renda per capita alta. Aprofundaremos os estudos sobre esse bloco econômico no Capítulo 6 desta coleção.
O Nafta é um bloco econômico formado por Estados Unidos, Canadá e México, que entrou em vigor em 1994 para estabelecer gradualmente as regras de liberdade comercial. Esse bloco, portanto, tem caráter comercial, não havendo livre circulação de pessoas entre os países, diferentemente do que ocorre no bloco europeu.
Em 2015, foram feitas as negociações finais do Tratado do Trans-Pacífico firmado entre Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Cingapura, Estados Unidos, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Peru e Vietnã e poderá vir a ser o maior bloco econômico do planeta. Juntos vão representar 40% do PIB mundial. O acordo resulta de negociações que vem sendo desenvolvidas entre os países, faltando a ratificação por parte do Congresso dos Estados Unidos e de outros países-membros.
Outros blocos regionais americanos se destacam, como o Mercosul, formado inicialmente por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, em acordo assinado em 1991, e pela Venezuela, que ingressou em 2012. O ingresso da Bolívia como membro foi assinado na cúpula de 2015 e encontra-se em trâmite de adesão. Outros países do Cone Sul participam como associados: Chile, Bolívia, Peru, Colômbia e Equador, Guiana e Suriname. Com a assinatura desse acordo, ficou estabelecida a liberdade de circulação de 90% das mercadorias fabricadas nos países-membros. Porém, alguns setores mantêm tarifas alfandegárias que tendem a ser extintas com o tempo. Além do Mercosul, existe a Comunidade Andina e o Mercado Comum Centro-Americano. Em 2008, foi formalizada a integração do Mercosul com a Comunidade Andina, originando a União das Nações Sul-Americanas (Unasul).
No continente africano, em virtude de sua história de exploração, do baixo nível de desenvolvimento socioeconômico e de sua marginalização na atual fase de globalização, os blocos econômicos são pouco conhecidos e reúnem países com pequeno poder econômico. Entre eles, destacam-se a Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental, criada em 1975 para promover o desenvolvimento e fortalecer as relações regionais entre os 15 membros participantes, e a União Africana, criada em 2002, com o intuito de promover a integração econômica e a cooperação política e cultural dos países-membros.
Há ainda um bloco multicontinental, a Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico (Apec), criado em 1993, que reúne países localizados em vários continentes, com níveis distintos de desenvolvimento e de produção econômica.
A análise da nova organização econômica mundial não apresenta uma resposta única quanto à definição de ordem: se ela é unipolar (com a hegemonia apenas dos Estados Unidos) ou multipolar (com a presença de vários blocos econômicos). As análises variam de acordo com seus objetivos. Em geral, muitos estudiosos creem que o equilíbrio mundial esteja centrado nessa diversidade, obedecendo a uma ordem econômica multipolar, ainda que, do ponto de vista político-militar, se acredite haver uma unipolaridade.

Página 43



Baixar 11.43 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   239




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal