Geografia no cotidiano: ensino médio, 3º ano



Baixar 11.43 Mb.
Página233/239
Encontro18.07.2022
Tamanho11.43 Mb.
#24300
1   ...   229   230   231   232   233   234   235   236   ...   239
Geografia no cotidiano ensino m dio, 3 ano
ticket

Parte 3
Orientação
Esta terceira parte do trabalho deve ser orientada pelos professores de Física, Química e Biologia.
Os alunos devem fazer um levantamento para conhecer as pesquisas nas áreas de Física, Química e Biologia, que, direta ou indiretamente, contribuem para o desenvolvimento da indústria bélica. Além dos professores dessas disciplinas, a participação do(a) professor(a) de Língua Estrangeira Moderna também será necessária, assim como será importante a contribuição do(a) professor(a) de História.
O objetivo desta parte da atividade é possibilitar que os alunos compreendam a relação entre ciência, desenvolvimento tecnológico e aplicação do conhecimento a determinada realidade.
Ao final, eles poderão compreender melhor o papel destruidor das armas, a relação dessas com a defesa do território e aprofundar seus conhecimentos sobre o compromisso que os países produtores de armas devem assumir na busca do desenvolvimento de uma cultura da paz.
1. Armas químicas
O(a) professor(a) de Química pode orientar os alunos a pesquisarem sobre o histórico da produção e do uso desse artefato tanto por militares como por civis, levando-os a compreender que a ciência contribui para o desenvolvimento dessas armas, muitas vezes de forma acidental e, em outros casos, com a consciência de seu papel nesse processo.
O(a) professor(a) de História pode colaborar na orientação tanto da pesquisa como da sistematização do trabalho final.
Sugestão bibliográfica:
Armas químicas: la ciência en mano del mal, de René Pita. San Rafael: Plaza y Valdez, 2008.
2. Armas atômicas
O(a) professor(a) de Física pode orientar os alunos a pesquisarem sobre o papel da Física no desenvolvimento da energia atômica. Também é importante salientar as outras aplicações desse conhecimento, incluindo aquelas relativas à Medicina. Sobre esse tema, sugerimos:

Página 374


Física atômica e conhecimento humano, de Niels Bohr. Rio de Janeiro: Contraponto, 1995;
Oppenheimer e a bomba atômica em 90 minutos, de Paul Strathern. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.
3. Armas biológicas
O(a) professor(a) de Biologia deve orientar sobre esse tema e solicitar o apoio dO(a) professor(a) de História para que eles possam compreender que essa arma é muito antiga e foi utilizada na Antiguidade, na Idade Média, no processo de colonização e também na contemporaneidade, por um grupo religioso no Japão. O destaque para a história das ciências é muito importante para destacar para os alunos que esse tipo de arma tem sido utilizado por diversos grupos sociais em contextos distintos. É necessário que eles conheçam o papel da Biologia nesse processo; para isso, é interessante discutir o desenvolvimento dessa ciência antes mesmo de sua constituição como tal. Além disso, é importante que os alunos ampliem seus conhecimentos sobre temas relacionados à saúde, como as doenças que podem ser transmitidas, os agentes transmissores, a maneira como os vírus podem ser manipulados, as fórmulas utilizadas para esse fim etc. Sugestão bibliográfica:
Genocídio americano: a Guerra do Paraguai, de Júlio J. Chiavenato. São Paulo: Brasiliense, 1994;
Armas biológicas, de Patrice Binder e Olivier Lepick. Madrid: RBA, 2003. (em espanhol).
Baixar 11.43 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   229   230   231   232   233   234   235   236   ...   239




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal