Geografia no cotidiano: ensino médio, 3º ano


organizar e dirigir situações de aprendizagem; 2



Baixar 11.43 Mb.
Página181/239
Encontro18.07.2022
Tamanho11.43 Mb.
#24300
1   ...   177   178   179   180   181   182   183   184   ...   239
Geografia no cotidiano ensino m dio, 3 ano
ticket
1. organizar e dirigir situações de aprendizagem;
2. administrar a progressão das aprendizagens;
3. conceber e fazer evoluir os dispositivos de diferenciação;
4. envolver os alunos em sua aprendizagem e em seu trabalho;
5. trabalhar em equipe;
6. participar da administração da escola;
7. informar e envolver os pais;
8. utilizar novas tecnologias;
9. enfrentar os deveres e os dilemas éticos da profissão;
10. administrar sua própria formação contínua.
4. SEVERINO, Antônio Joaquim; SEVERINO, Estevão Santos. Ensinar e aprender com pesquisa no Ensino Médio. São Paulo: Cortez, 2012.
Este livro destina-se a alunos e professores do Ensino Médio e tem como objetivo “iniciar o aluno do Ensino Médio a práticas de estudo que trilham o caminho da autonomia técnica e intelectual no exercício da aprendizagem para que ela se torne não só significativa, mas também gratificante” (p. 10). É um livro de metodologia, porém não se apresenta como um modelo fechado, mas sim consiste em uma proposta de orientação que pode ser utilizada por professores de todas as áreas do conhecimento e disciplinas escolares. E tem como fim o desenvolvimento da pesquisa na escola.
O livro está organizado a partir de três atividades fundamentais para este nível de ensino, ou seja, a tomada de apontamentos, a leitura e a redação. Com esse intuito, o autor organizou a obra em 8 capítulos, citados a seguir:
Capítulo 1 – Participando das aulas
Capítulo 2 – Fontes de pesquisa escolar e de estudo

Página 312


Capítulo 3 – Aprendendo mediante práticas de estudo e pesquisa
Capítulo 4 – Lendo e aprendendo: texto, comunicação e leitura
Capítulo 5 – Trabalho em grupo
Capítulo 6 – Redigindo os trabalhos escolares
Capítulo 7 – Usando os recursos informáticos para a aprendizagem
Capítulo 8 – A internet como fonte de pesquisa
Filmes
1. Vermelho como o céu (Rosso come il cielo). Direção: Cristiano Bortone. Itália, 2006. Drama, 96 min.
Baseado em uma história real, em que o personagem Mirco Mencacci, um garoto de uma vila da Toscana, na Itália, se envolve em um acidente que o deixa cego. O garoto é levado para uma escola de deficientes visuais extremamente conservadora e, com a ajuda de um professor, consegue provar que não há limites para o aprendizado.
2. Entre os muros da escola (Entre les murs). Direção: Laurent Cantet. França, 2008. Drama, 128 min.
Cotidiano de uma escola pública no subúrbio de Paris. Marin, o professor, depara-se com a resistência à cultura escolar por parte de seus alunos, que são, em sua maioria, filhos de imigrantes. É possível identificar a disputa entre identidades nacionais, preconceito e racismo. Este é um bom filme para refletir sobre o papel e a responsabilidade da escola na formação dos alunos, independentemente do tipo de sociedade em que estão inseridos.
3. A língua das mariposas (Lengua de las mariposas). Direção: José Luis Cuerda. Espanha, 1999. Drama, 96 min.
Crítica às formas tradicionais de ensino, retratando os métodos inovadores de um professor na época antecedente à Guerra Civil espanhola. Nesse período, a Espanha era um país tradicionalista, e a Igreja católica, uma instituição que condenava a modernidade. A postura do professor lhe trouxe sérios problemas com a Igreja e o Estado, porém seu trabalho enquanto educador influenciou positivamente o processo cognitivo, pessoal, político e social de seus alunos.
4. Sociedade dos poetas mortos (Dead poets society). Direção: Peter Weir. Estados Unidos, 1989. Drama, 129 min.
Questiona as formas tradicionais de ensino, uma vez que mostra um professor de Literatura tentando subverter o currículo padronizado de um internato masculino na Inglaterra. Esse professor envolve os jovens em um mundo de descobertas que os fascinam e encantam. Começam então a viver momentos de intensas transformações, que os motivam a lutar pelos seus sonhos, nem sempre possíveis de realizar. Além das inovações pedagógicas de ensino, o filme mostra a importância de formar pensadores críticos.
5. O leitor (The reader). Direção: Stephen Daldry. Estados Unidos, 2008. Drama, 120 min.
A trama baseia-se na relação amorosa entre um jovem de 15 anos e uma mulher com o dobro de sua idade no período pós-nazista, na Alemanha. David traz um pouco de luz à vida de Hanna, analfabeta, lendo para ela histórias literárias. Quando Hanna é presa, acusada de participar da morte de mais de 300 judias durante a guerra, David, agora um estudante de Direito, envia-lhe fitas com as gravações das leituras, amenizando um pouco o sofrimento de Hanna na prisão.
6. Ao mestre com carinho (To sir, with love). Direção: James Clavell. Inglaterra, 1967. Drama, 105 min.
Clássico do cinema, mostra um engenheiro desempregado que decide lecionar em uma escola pública para estudantes com diversos tipos de problemas, tais como famílias desestruturadas, pobreza, preconceito racial. Apesar das dificuldades e agressões praticadas por alguns, sempre trata seus alunos com respeito e firmeza, auxiliando-os a serem adultos responsáveis.
7. O Clube do Imperador (The Emperor’s Club). Direção: Michael Hoffman. Estados Unidos, 2002. Drama, 109 min.

Página 313


William Hundert é um professor de História apaixonado por seu trabalho e leciona em um colégio interno com alunos muito interessados, que o animam a realizar um trabalho de qualidade. Entretanto, a entrada de Sedgewick Bell, um aluno arrogante, faz com que o professor busque de todas as formas mudar o caráter dele e ganhar sua confiança, convencendo-o de que ele é capaz, nem que para isso tenha de forjar uma classificação em um concurso realizado todos os anos na escola, desviando-se de seu caráter correto para tentar aproximar-se do garoto.
8. Balzac e a costureirinha chinesa (Balzac et la petite tailleuse chinoise). Direção: Sijie Dai. França/China, 2002. Drama, 116 min.
Dois jovens da classe média de Pequim são obrigados, pelos comunistas chineses, a ir para o Tibete para trabalhar e ajudar a “fazer a revolução”. Lá presenciam uma série de atrocidades do exército e do Partido Comunista Chinês. Em meio ao desalento dessa aventura forçada, os jovens conhecem a filha de um costureiro, para quem leem livros proibidos pelo regime, dentre eles, os romances de Balzac. Os livros de Balzac tornam-se a cartilha para alfabetizar a jovem, tanto nas letras como na arte de sonhar.
9. O sorriso de Mona Lisa (Mona Lisa smile). Direção: Mike Newell. Estados Unidos, 2003. Drama, 125 min.
A faculdade Wellesley, com ensino para moças de famílias tradicionais, transforma-se com a chegada de uma nova professora de arte, Katrina Watson, que tenta revolucionar o ensino. No início, as alunas não aceitam as inovações trazidas pela professora, que aos poucos passa a ser admirada, pois por meio de suas aulas as moças são encorajadas a lutar contra o conservadorismo da época e inspiradas a enfrentar os desafios da vida.
10. A onda (Die Welle). Direção: Dennis Gansel. Alemanha, 2008. Drama, 107 min.
Professor de Ciências Sociais adota um estilo autocrático para ensinar o que é autocracia a seus alunos do Ensino Médio. Apesar de não ser adepto dessa postura, seu método de ensino acaba incitando a turma a comportamentos que se aproximam do fascismo. Baseado em uma história real – ocorrida originalmente nos Estados Unidos –, o filme expõe consequências imprevistas no processo de formação dos jovens. É possível identificar no filme o discurso e a prática no processo de ensino-aprendizagem e fazer uma reflexão sobre o papel do professor.
11. Sementes de violência (Blackboard jungle). Direção: Richard Brooks. Estados Unidos, 1955. Drama, 101 min.
Clássico que conta a história de um professor que acaba de chegar a uma escola com muitos problemas de indisciplina e violência. A trama se passa nos anos 1950, período em que a juventude está passando por um processo de mudanças de comportamentos. É nesse contexto que ocorre a introdução de “políticas de inclusão” das populações marginalizadas: negros e latino-americanos, gerando um desconforto para as famílias mais conservadoras. Apesar de todos os conflitos, o jovem professor consegue combater a liderança negativa de West, um jovem irlandês envolvido com bebidas e roubo de carros, e valorizar a liderança positiva de Miller, um jovem negro que trabalha como mecânico para ajudar a sustentar sua família.
12. Pro dia nascer feliz. Direção: João Jardim. Brasil, 2007. Documentário, 88 min.
Apresenta a carência das escolas brasileiras nas regiões Nordeste e Sudeste do Brasil e a dificuldade do trabalho do professor diante dessa realidade. Ao mesmo tempo, João Jardim faz um contraponto com uma escola de elite na cidade de São Paulo, mostrando outros problemas enfrentados pelos jovens. Através do documentário, é possível fazer uma reflexão sobre a Educação no Brasil, a estrutura física das escolas públicas e a dificuldade em avaliar o complexo trabalho dos educadores diante da imensa carência das escolas, tanto de estrutura como de suporte psicológico.

Página 314


13. Quando sinto que já sei. Direção: Antonio Sagrado, Raul Perez e Anderson Lima. Brasil, 2014. Documentário, 78 min.
Custeado por meio de financiamento coletivo, o filme registra práticas inovadoras na educação brasileira. Os diretores investigaram iniciativas em oito cidades brasileiras e colheram depoimentos de pais, alunos, educadores e profissionais.
14. A educação proibida. Argentina, 2012. Direção: German Doin e Verónica Guzzo. Documentário, 145 min.
Gravado em oito países da América Latina, com legendas em português, o documentário problematiza a escola moderna e apresenta alternativas educacionais em mais de 90 entrevistas com educadores. O filme é independente e foi financiado de forma coletiva.
15. Além da sala de aula (Beyond the blackboard). Direção: Jeff Bleckner. EUA, 2011. Ficção, 95 min.
Baseado em fatos reais, o filme narra a trajetória e os desafios enfrentados por uma professora recém-formada em uma escola temporária para sem-tetos nos Estados Unidos.

Baixar 11.43 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   177   178   179   180   181   182   183   184   ...   239




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal