Gabriel García Márquez: os livros essenciais que farão você se apaixonar pelo autor


Outros livros essenciais de Gabriel García Márquez



Baixar 368.56 Kb.
Página4/4
Encontro20.06.2021
Tamanho368.56 Kb.
1   2   3   4
Outros livros essenciais de Gabriel García Márquez 

Quando se trata de Gabo é difícil selecionar quais obras são obrigatórias e quais não. Na teoria, tudo que ele escreveu vale a pena. Mas fizemos o esforço de selecionar mais dois títulos que consideramos essenciais para conhecer o maior autor colombiano que já existiu. 



Ninguém Escreve ao Coronel (1961)

Interessante por ser uma das primeiras histórias escritas por Gabriel García Marquéz, que na época estava começando a sua carreira literária. Um coronel aposentado de 75 anos de idade espera pela carta que anunciaria a sua pensão. 

Durante a espera, sabemos da vida miserável vivida pelo ex-oficial. Sua mulher está doente, seu filho morreu, deixando apenas um galo de briga como herança, que acaba se tornando a única esperança de sobrevivência do velho. Uma história curta e aparentemente simples que demonstra a qualidade literária de Gabo desde o início da carreira. 

Somos os órfãos do nosso filho.

Gabriel García Márquez (Ninguém Escreve ao Coronel) 



Não, o sucesso não é algo que eu deseje a alguém. É como ocorre com os alpinistas, que se matam para chegar ao topo e depois, quando chegam, o que fazem? Descem, ou tratam de descer discretamente, com a maior dignidade possível. 

Gabriel García Márquez (Ninguém Escreve ao Coronel)



Viver Para Contar (2002)

Ainda bem, Gabo escreveu sua autobiografia. Muito aguardada por fãs, críticos, a imprensa e a comunidade literária como um todo, neste relato o escritor colombiano resgata memórias essenciais de sua vida. 

Passamos pela sua infância, juventude, as origens do realismo mágico na Colômbia e as fundações de sua carreira. Não é simplesmente um relato de memória, porque a forma como o autor escreve, fazendo o leitor interpretar suas palavras e ricas descrições, faz dessa obra outra joia da literatura. Simplesmente incontornável. 

Eu descobri o milagre de que todas as coisas que soam são música, incluindo os pratos e talheres na máquina de lavar louça, desde que eles cumpram a ilusão de nos mostrar para onde a vida está indo.

García Márquez (Viver Para Contar)



Com “As Mil e Uma Noites ”, aprendi e nunca esqueci que deveríamos ler apenas aqueles livros que nos forçam a relê-los.

Gabriel García Márquez (Viver Para Contar)



Antes disso, minha vida sempre foi agitada por um emaranhado de truques, fintas e ilusões com a intenção de enganar as inúmeras atrações que tentaram me transformar em algo que não fosse escritor.

Gabriel García Márquez (Viver Para Contar)



Descubra mais sobre a vida e obra de Gabriel García Márquez e as suas frases mais marcantes!


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal