Física para o Ensino Médio Gravitação, Eletromagnetismo e



Baixar 3.85 Mb.
Pdf preview
Página76/134
Encontro10.08.2021
Tamanho3.85 Mb.
1   ...   72   73   74   75   76   77   78   79   ...   134
ferromagnéticas: são substâncias cujos ímãs elementares ten-
dem a se alinhar na direção do campo e exibem intensas propriedades 
magnéticas. Exemplos: ferro, cobalto, níquel e suas ligas; mais raros
porém, existem ainda o gadolínio e o disprósio.


Prof. Cássio Stein Moura
154
 Paramagnéticas: são as substâncias que permanecem indife-
rentes à presença de campo magnético. Exemplos: alumínio, cromo, es-
tanho, paládio, platina, sódio, potássio. Podemos transformar um corpo 
ferromagnético em paramagnético. Basta esquentá-lo acima de certa 
temperatura, que chamamos de ponto de Curie (para o ferro, 770 
o
C). 
Nesta temperatura, a agitação térmica das partículas que compõem o 
corpo é tão grande que se acaba perdendo qualquer forma de orientação 
magnética. É por isso que devemos evitar o aquecimento de fitas casse-
te, disquetes, cartões de banco, ou qualquer objeto que armazena infor-
mação de forma magnética, para que não percamos as informações.
 Diamagnéticas: em 1845, Faraday descobriu que algumas subs-
tâncias apresentavam uma fraca repulsão a qualquer campo magnético 
que fosse aproximado. Neste caso, os elétrons movimentam-se de for-
ma a gerar um campo contrário ao campo externo. Exemplos: água, an-
timônio, bismuto, cobre, chumbo, mercúrio, ouro, prata.
 
Em 1820 o professor dinamarquês Hans Christian Oersted (1777-
1851) realizou uma experiência que unificou a eletricidade e o magne-
tismo. Ele aproximou uma bússola de um fio conduzindo uma corrente 
elétrica e observou que a agulha sofria uma deflexão. A corrente elétrica 
cria um campo magnético e a bússola tende a se alinhar conforme as 
linhas de indução geradas pela corrente. Em outras palavras, 


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   72   73   74   75   76   77   78   79   ...   134


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal