Física para o Ensino Médio Gravitação, Eletromagnetismo e



Baixar 3.85 Mb.
Pdf preview
Página41/134
Encontro10.08.2021
Tamanho3.85 Mb.
1   ...   37   38   39   40   41   42   43   44   ...   134
diferença de potencial elétrico. Essa diferença de potencial elétrico é 
resultado da conversão da energia química em energia elétrica e calor. 
Em  vista  disso,  pode-se  afirmar  que  a  equação  de  funcionamento  de 
uma pilha pode ser escrita na forma:
a) energia térmica = energia química + energia elétrica;
b) energia térmica = energia química - energia elétrica;
c) energia elétrica = energia térmica + energia química;
d) energia elétrica = energia química x energia térmica;
e) energia elétrica = energia química + energia térmica.


Prof. Cássio Stein Moura
92
13.  (UFRGS)  A  figura 
abaixo representa a vis-
ta lateral de duas placas 
metálicas quadradas que, 
em um ambiente desumi-
dificado,  foram  eletriza-
das com cargas de mesmo valor e de sinais contrários. As placas estão 
separadas por uma distância d = 0,02 m, que é muito menor do que o 
comprimento de seus lados. Dessa forma, na região entre as placas, exis-
te um campo elétrico praticamente uniforme, cuja intensidade é aproxima-
damente igual a 5 x 10
3
 N/C. Para se transferir uma carga elétrica positi-
va da placa negativamente carregada para a outra, é necessário realizar 
trabalho contra o campo elétrico. Esse trabalho é função da diferença de 
potencial existente entre as placas.
Quais são, respectivamente, os valores aproximados da diferença de 
potencial entre as placas e do trabalho necessário para transferir uma 
carga elétrica de 3 x 10
-3
 C da placa negativa para a positiva?
a) 15 V e 0,2 J 
b) 75 V e 0,2 J 
c) 75 V e 0,3 J
d) 100 V e 0,3 J
e) 100 V e 0,4 J
14. (ULBRA) O gerador de Van de Graaff é um aparelho que leva o nome 
do seu idealizador, o físico norte americano Robert Van de Graaff. Serve 
para estabelecer diferenças de potenciais muito elevadas, chegando a 
alguns milhões de volts, empregados para acelerar partículas eletrizadas 
nos estudos da física nuclear. O princípio básico de funcionamento deste 
aparelho está baseado:
a) na transferência integral de cargas elétricas de um corpo para outro;
b) na impossibilidade de eletrizar a matéria;
c) na impossibilidade de armazenar cargas elétricas em esferas;
d) na eletrização da matéria por indução;
e) nas forças de repulsão entre cargas elétricas.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   37   38   39   40   41   42   43   44   ...   134


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal