Física para o Ensino Médio Gravitação, Eletromagnetismo e



Baixar 3.85 Mb.
Pdf preview
Página39/134
Encontro10.08.2021
Tamanho3.85 Mb.
1   ...   35   36   37   38   39   40   41   42   ...   134
ΔU
A
PE
B
PE
A
B




Prof. Cássio Stein Moura
84
a) + 2q.  
b) + 4q.
c) + 6q.
d) +8q.
e) +10q.
 
Vamos agora analisar o caso de um campo elétrico uniforme. 
Para tanto, temos de recorrer novamente à analogia entre força gravi-
tacional e força elétrica. Nas 
proximidades da superfície 
terrestre, o campo gravitacio-
nal é praticamente uniforme. 
O trabalho t que devemos re-
alizar para levar um corpo de 
massa m de uma altura A até 
uma altura B é:
 t = m g h.
 
Façamos as seguintes analogias:
massa
carga
campo gravitacional
campo elétrico
altura
distância entre as 
equipotenciais
 
Assim, podemos escrever uma ex-
pressão para o trabalho realizado quando uma 
carga se move entre duas equipotenciais:
 


Q

Q

Q

Q

 
qEd
=
τ


Física para o Ensino Médio – Potencial elétrico
85
 
Se uma carga positiva é solta em um campo elétrico, ela sofre 
uma força na direção da linha de campo, ou seja, para potenciais mais 
baixos. O trabalho que a força elétrica realiza é igual à variação da 
energia potencial:
 
Se definirmos a diferença de potencial entre os pontos A e B por 
temos que
 
Comparando as expressões do trabalho temos, para um campo 
elétrico uniforme,
 
Esta expressão nos diz que: quanto mais intenso for o campo 
elétrico numa região do espaço, maior será a ddp entre dois pontos; e 
que tanto maior a distância entre as equipotenciais destes pontos, maior 
será sua diferença de potencial.
 
Em laboratório utiliza-se um equipamento chamado de gerador 
de van de Graaff para produzir diferenças de potencial extremamente 
elevadas. Nesse aparelho, uma correia isolante é posta para girar entre 
duas polias, normalmente na posição vertical. Próximo à polia inferior 
encostado na correia é colocada uma escova condutora em contato com 
a terra. Próximo à polia superior, também é posicionada uma escova 
metálica encostada na correia e em contato elétrico com uma grande 
esfera metálica. O movimento da correia produz a eletrização da mesma 
pelo atrito com as escovas e acumula uma grande quantidade de carga 
na esfera condutora gerando uma ddp em relação à terra que pode 
chegar a dezenas de milhares de volts.
 
(
)
A
B
A
PE
B
PE
U
U
q
=
E
E
=
τ


 
(
)
A
B
U
U
q
=
ΔU

 
qΔU=qEd
Ed
=
ΔU


Prof. Cássio Stein Moura
86
Exemplo:
2. (UFRGS) A diferença de potencial entre duas placas paralelas 
separadas por 2 x 10
-2
 m é de 12 V. Qual a intensidade da força elétrica 
que atua numa partícula de carga igual a 2 x 10
-9
 C, que se encontra 
entre essas placas?
a) 2,4 x 10
-11
  N  
b) 6,0 x 10
-10
 N
c) 2,4 x 10
-9
 N
d) 1,2 x 10
-7
 N
e) 1,2 x 10
-6
 N
Exercícios: 
        
       
 
 
     
1. (PUCRS) A figura abaixo represen-
ta um campo elétrico não uniforme, 
uma carga de prova q e cinco pontos 
quaisquer no interior do campo.
Um agente externo ao campo realiza 
trabalho para levar a carga de prova, 
sem aceleração, desde onde ela se encontra até um dos cinco pontos 
assinalados. O trabalho maior corresponde ao ponto 
a) 1   
b) 2   
c) 3   
d) 4   
e) 5
2. (UFRGS) Uma carga elétrica puntiforme positiva é deslocada ao longo 
de três segmentos indicados na figura abaixo,


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   35   36   37   38   39   40   41   42   ...   134


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal