Física para o Ensino Médio Gravitação, Eletromagnetismo e


partículas damos o nome de



Baixar 3.85 Mb.
Pdf preview
Página112/134
Encontro10.08.2021
Tamanho3.85 Mb.
1   ...   108   109   110   111   112   113   114   115   ...   134

partículas damos o nome de partículas elementares
 
Outro tipo de partícula que existe na natureza é o que chama-
mos de 
antimatéria. Uma partícula de matéria sempre tem sua corres-
pondente antipartícula. A antipartícula possui exatamente as mesmas 
propriedades físicas que a partícula de matéria, exceto a carga elétrica, 
cujo sinal é oposto. Por exemplo, a antipartícula correspondente ao 
elétron possui as mesmas características que o elétron como massa e 
módulo da carga elétrica, mas sua carga é positiva. Chamamos o an-
tielétron de pósitron. Já o antipróton, da mesma forma, possui a mesma 
massa e módulo de carga elétrica que o próton, mas tem carga nega-
tiva. Juntando antipartículas elementares, podemos construir sistemas 
de antimatéria maiores. Por exemplo, o dêuteron é a antipartícula do 
núcleo do átomo de deutério. A antimatéria pode ser encontrada no es-
paço sideral ou produzida em laboratório. Quando a antimatéria entra 
em contado com a matéria, ocorre a conversão imediata de suas mas-
sas em energia pura.
 
Todos os cientistas que estudaram os fenômenos da radiação 
em seus primórdios morreram de alguma doença relacionada com a 
radiação, em geral câncer. Naquela época desconheciam-se os efeitos 
nocivos da radiação. Alguns exemplos absurdos. Vendia-se depilação 
instantânea: bastava alguns minutos de exposição para caírem todos os 
pelos do corpo. Sapateiros iluminavam com raios X os pés de seus clien-
tes enquanto experimentavam o sapato para ver onde ficava apertado. 
Relógios que brilhavam à noite eram pintados com substâncias radio-
ativas. Detalhe é que a pintura era feita manualmente e costumava-se 
lamber as cerdas do pincel para tornar sua ponta mais fina.
 
As pessoas que tiveram contato com tais situações acabaram 
tendo graves problemas de saúde, devido à ignorância dos efeitos bioló-
gicos da radiação na época. E hoje tem gente que passa o dia pendura-
do num telefone celular...
 
Por outro lado, as radiações quando bem empregadas, são al-
tamente  benéficas. A  física  médica  aprimorou  técnicas  fantásticas  de 
diagnóstico e de tratamento de doenças utilizando-se de radiações. Mas 
para que essa tecnologia fosse desenvolvida, levou quase um século!
 
Vimos que o modelo de Bohr supõe a existência de um núcleo 
atômico onde se encontram as cargas positivas que são os prótons. 


Física para o Ensino Médio – Física Moderna
231
Além destes, existem no núcleo os nêutrons, que são eletricamente 
neutros. Chamamos estes constituintes do núcleo (prótons e nêutrons) 
de nucleons. Se todos os prótons possuem cargas positivas, como eles 
se mantêm coesos no centro do átomo? Por que eles não se repelem 
mutuamente a ponto de destruir o núcleo?
 
Existe uma força que chamamos de 
força nuclear, que atua en-
tre os nucleons e que é muito mais forte que a eletrostática. Desta forma, 
os prótons podem ficar agrupados no núcleo, sem se dispersarem devi-
do à repulsão coulombiana. Em algumas situações, no entanto, esta for-
ça não é capaz de manter o núcleo coeso, o que resulta na sua quebra. 
Isto é o que chamamos de 


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   108   109   110   111   112   113   114   115   ...   134


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal