Formação continuada de professores: construindo possibilidades para o ensino do



Baixar 358.67 Kb.
Pdf preview
Página4/12
Encontro30.06.2021
Tamanho358.67 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12
Metodologia

De natureza qualitativa, com elementos da pesquisa-ação, esta pesquisa 

utilizou diferentes técnicas para o levantamento dos dados, quais sejam: aplica-

ção de questionários; realização de discussões durante os encontros de formação 

continuada; elaboração de diários de campo pelos professores participantes da 

pesquisa e pela pesquisadora; observação de algumas intervenções dos profes-

sores e entrevista semiestruturada, tendo sido aprovada pelo Comitê de Ética 

em Pesquisa da UFG (Protocolo nº 203/12) e, posteriormente, desenvolvida 

com o consentimento dos professores. 

GEMENTE, F. R. F.; MATTHIESEN, S. Q. Formação continuada de professores: construindo...

Educar em Revista, Curitiba, Brasil, v. 33, n. 65, p. 183-200, jul./set. 2017

186



De 2011 a 2013, a Faculdade de Educação Física (FEF) da Universidade 

Federal de Goiás (UFG), em Goiânia, e a Secretaria Municipal de Educação 

de Goiânia (SME) estabeleceram uma parceria que possibilitou a realização do 

Projeto de Extensão PRORROGAÇÃO, com o objetivo de proporcionar aos 

professores de Educação Física da rede municipal, a formação continuada no 

campo do esporte escolar. Com essa parceria, a FEF ficou responsável por cursos 

de 40 horas, com encontros quinzenais, e o Centro de Formação de Profissionais 

da Educação (CEFPE), da Secretaria Municipal de Educação, pela divulgação, 

permitindo aos professores a realização dos cursos em horário de estudo

.

O curso de formação continuada de professores vinculado a essa pesquisa 



foi denominado como Pedagogia do Atletismo, contando com a participação de 

21 professores de Educação Física da rede municipal de Educação de Goiânia, 

atuantes nos ciclos I, II e III e na EAJA, sendo 14 professoras e 7 professores. 

O curso ocorreu entre os meses de janeiro a junho de 2013, com encontros 

quinzenais, às terças-feiras no período matutino, em horário de estudo dos 

professores, totalizando 40 horas.

 

O objetivo do curso foi proporcionar aos professores o estudo, a reflexão 



e a discussão dos aspectos históricos, regulamentares e técnicos das provas do 

atletismo e a vivência de diferentes possibilidades de abordá-las no contexto 

escolar, propiciando a construção coletiva do conhecimento e a segurança dos 

professores para trabalhar com essa modalidade esportiva em suas aulas. En-

tendendo que um curso de 40 horas é insuficiente para tratar de todas as provas 

do atletismo, no primeiro encontro, a partir de suas dificuldades e interesses, os 

professores decidiram quais as provas do atletismo seriam estudadas no curso, 

tais como salto em altura, salto com vara, lançamento do dardo, lançamento 

do disco, lançamento do martelo e arremesso de peso. Vale lembrar que todas 

essas provas são do campo do atletismo. 

A partir do segundo encontro, seguimos uma lógica de organização interna 

para os demais. Assim, ao iniciar os trabalhos sobre as provas do atletismo, rea-

lizamos, primeiramente, uma discussão sobre os conhecimentos dos professores 

acerca da prova. Nessas discussões, verificamos como trabalhavam com ela em 

suas aulas, quais as dificuldades encontradas e quais os aspectos que gostariam que 

fossem enfatizados. Em seguida, foram realizadas e vivenciadas diferentes propos-

tas de atividades direcionadas aos aspectos históricos, regulamentares, técnicos e 

táticos das diferentes provas do atletismo. Ao final de cada encontro, uma roda de 

conversa era realizada para favorecer a reflexão sobre as atividades desenvolvidas 

e o levantamento de possibilidades e de adaptações para serem trabalhadas nas di-

ferentes realidades dos professores, sendo que, durante esse processo de formação 

continuada, propusemos aos professores que realizassem, em suas aulas, interven-

ções relacionadas às provas do atletismo que estavam sendo abordadas no curso.

GEMENTE, F. R. F.; MATTHIESEN, S. Q. Formação continuada de professores: construindo...

Educar em Revista, Curitiba, Brasil, v. 33, n. 65, p. 183-200, jul./set. 2017

187


1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal