Filipa lowndes vicente a a rte sem his


participa numa longa tradição que identifica o autor como masculino



Baixar 5.05 Mb.
Pdf preview
Página13/298
Encontro09.02.2022
Tamanho5.05 Mb.
#21513
1   ...   9   10   11   12   13   14   15   16   ...   298

participa numa longa tradição que identifica o autor como masculino, 
que é primário, e o feminino como sendo a sua criação passiva”
3
. Porque 
1.
    Isak Dinesen (Karen Blixen), “The blank page”, Last Tales (London: Penguin, 
2001). Publicado pela primeira vez em 1957.
2.
    Susan Gubar, “A ‘Página em Branco’ e questões acerca da criatividade 
feminina”, Ana Gabriela Macedo, ed., Género, Identidade e Desejo. Antologia crítica do 
feminismo contemporâneo
 (Lisboa: Edições Cotovia, 2002), pp. 97-124. Ver a minha 
recensão crítica a este livro: Faces de Eva. Estudos sobre a Mulher, n.º 13 (Maio de 
2005), pp. 211-223.
3.
    Susan Gubar, “A ‘Página em Branco’ e questões acerca da criatividade 



Catálogo: bitstream -> 10451

Baixar 5.05 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   9   10   11   12   13   14   15   16   ...   298




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal