Faculdade de letras universidade do porto


O Filho Da Cozinha, Uma Opereta



Baixar 0.57 Mb.
Página30/42
Encontro08.02.2022
Tamanho0.57 Mb.
#21499
1   ...   26   27   28   29   30   31   32   33   ...   42

O Filho Da Cozinha, Uma Opereta

Relativamente a “O Filho da Cozinha”, há um outro símbolo, não pouco importante, que podemos encontrar, o véu, símbolo do teatro, ou melhor, da opereta, dado o caráter cómico desta história e o facto de por vezes se fazer acompanhar da “banda sonora” “tocada” pelos instrumentos da cozinha . Todo o vocabulário do primeiro parágrafo se relaciona com o teatro, a opereta, para ser mais exato. O que se passa na cozinha é como se fosse um palco. “Born in a trunk” é a expressão original, que se utiliza em teatro para significar que filho de ator sabe representar. A história é-nos apresentada como se estivesse dividida em atos e cenas. Até se corre um véu/pano para proteger a intimidade daquela primeira cena... A gravidez da cozinheira e o nascimento do seu filho, o narrador desta história, são apresentados metaforicamente, representando a irrupção da mãe pelo véu o nascimento do narrador. Outro símbolo que podemos encontrar aqui é o soufflé de lagosta, que representa o conflito interno gerado pela violação. Desde o primeiro momento, a cozinheira vai tentar corrigir o que correu mal com o primeiro soufflé, não colocando tanta pimenta de Caiena, na vã esperança de que as coisas voltassem ao normal, revoltando-se: “Nessa altura, ela berra: “Para o diabo com isto tudo!” Deixando o guião, a minha mãe brande a colher de pau como um bastão e acerta em cheio, trás!, na cabeça do duque, com uma força considerável. O duque cai ao chão com um grunhido baixo.”






Baixar 0.57 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   26   27   28   29   30   31   32   33   ...   42




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal