Extreme e confirma uma nova equipe: hispano suiza xite energy team



Baixar 246.59 Kb.
Encontro29.06.2021
Tamanho246.59 Kb.




Extreme E confirma uma nova equipe: HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM

Extreme E, a inovadora série de corridas elétricas off-road, dá as boas-vindas a uma nova equipe no campeonato: HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM.

Esta incorporação marca o regresso da HISPANO SUIZA às corridas em 2021, com uma equipe formada em parceria com a marca de bebidas energéticas XITE ENERGY. A HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM foi apresentada ontem no Castillo de Peralada, em Girona (Espanha) e irá disputar a Extreme E no próximo ano. Oliver Bennett e Christine Giampaoli Zonca serão os pilotos da equipe na temporada inaugural deste novo e revolucionário campeonato, que promove valores como igualdade, mobilidade sustentável e luta contra as mudanças climáticas. A competição promete ser o laboratório tecnológico ideal para o desenvolvimento dos veículos do futuro.

A marca HISPANO SUIZA ressurgiu com veículos como o Carmen e o Carmen Boulogne, ícones instantâneos do presente e do futuro. Prestam homenagem ao passado lendário da marca e integram a tecnologia mais inovadora da indústria automotiva, ao mesmo tempo em que oferecem desempenhos inigualáveis, criados como verdadeiras obras de arte para maravilhar a seus sofisticados proprietários. A princípios do século 20, a HISPANO SUIZA fez do seu debut em competições uma lenda, com três vitórias consecutivas na George Boillot Cup, uma prova de resistência. A primeira, com André Dubonnet ao volante do HISPANO SUIZA H6 Coupé, ocorreu em 1921.

Um século depois, a HISPANO SUIZA mantém intacto seu espírito competitivo e anuncia que participará da Extreme E com a HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM. Oliver Bennett e Christine GZ, os dois pilotos da equipe, foram os responsáveis por apresentar o carro HS Extreme E, o espetacular off-road elétrico de 550 cv com o qual ambos vão competir na temporada de 2021 da série.

Oliver Bennett é um piloto britânico de 28 anos com experiência em competições de rallycross. Em 2016 estreou no Campeonato Britânico de Rallycross e na temporada seguinte lutou pelo título. Também fez sua estreia no Campeonato Mundial de Rallycross da FIA, onde competiu nas últimas temporadas. Além disso, Bennett participou de vários eventos do Rallycross da América e no Gymkhana GRID na Cidade do Cabo em 2018, onde teve um grande desempenho.

Christine Giampaoli Zonca, mais conhecida como Christine GZ, é uma piloto ítalo-canária de 27 anos. Em 2014, em sua estreia em tempo integral na competição, conquistou sua primeira vitória em um rally de saibro, e nesse mesmo ano foi proclamada campeã regional das Ilhas Canárias em veículos com tração dianteira, bem como no grupo B4. Em 2016 estreou no Campeonato Mundial de Rally (WRC) no Rally da Catalunha, como integrante da primeira equipe feminina de rally, e venceu a categoria feminina do Campeonato da Espanha de Rally de Terra. Desde 2017, a carreira de Giampaoli tem se concentrado na participação em corridas off-road, nos Estados Unidos e no México, onde conquistou a sétima colocação na famosa Baja 1000, na categoria Pro UTV Turbo. Em 2020 tornou-se a principal piloto da Avatel Racing Team, alcançando o terceiro lugar na categoria T2 no Andalucía Road to Dakar Rally.

A HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM será dirigida por Juli Mundet Caballero. Este renomado engenheiro espanhol atuou em diferentes áreas da indústria automotiva, tanto em departamentos de produto, como em P&D e competição. Iniciou a sua carreira profissional no Centro Técnico da Nissan nos departamentos de caixas de câmbio e transmissão, e nos últimos anos tem trabalhado no Instituto de Física de Altas Energias de Barcelona, ​​como engenheiro chefe. Desde 2010 trabalha como engenheiro de corrida em várias competições, incluindo o Campeonato Mundial de Rallycross da FIA.

Para esta aventura, a HISPANO SUIZA tem uma parceira excepcional, a XITE ENERGY, uma empresa britânica em expansão que produz bebidas energéticas saudáveis. Seu produto é criado com uma fórmula à base de cafeína natural, ginseng e vitamina B, sem açúcar, tudo isso sem comprometer seu sabor refrescante ou a energia que fornece.

A HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM conta ainda com o apoio da Avatel, sexta operadora nacional de fibra óptica na Espanha. A empresa espanhola é especializada em levar conexão internet de banda larga a áreas rurais com baixa densidade populacional, e gera empregos relacionados à tecnologia nos povoados onde opera, ajudando a dinamizar a economia local.

Miguel Suqué Mateu, Presidente da HISPANO SUIZA, afirmou: “A HISPANO SUIZA sempre integrou no seu DNA valores como o espírito esportivo e a competição: ambos de vital importância para este projeto. Poder levar a nossa marca ao deserto, ao Círculo Ártico ou à Amazônia, e fazê-lo de forma competitiva e sustentável, cuidando do nosso planeta, é algo magnífico que alcançaremos em uma competição tão revolucionária como a Extreme E. Quero agradecer aos nossos parceiros e à nossa equipe técnica pela confiança e aos nossos pilotos Oliver e Christine, já que são eles que nos permitirão continuar lutando por vitórias e por bons resultados, tal como fizemos há 100 anos”.

Sergio Martínez, CEO da HISPANO SUIZA, disse: “Devemos pensar na eletromobilidade e na sustentabilidade. Devemos ser muito conscientes de que o mundo está mudando e todos devemos lutar para reduzir nossa pegada de carbono antes que seja tarde. Anunciamos que a HISPANO SUIZA terá uma equipe própria disputando o Campeonato Extreme E. É uma competição ambiciosa, que se realizará em cinco paraísos naturais em 2021, e em todos eles estará a Hispano Suiza, representada por uma equipe cheia de talento”.

Alejandro Agag, CEO e fundador da Extreme E, comentou: "Dou as boas-vindas à lendária marca espanhola HISPANO SUIZA, fundada em 1904 pela família Suqué Mateu, ao Campeonato Extreme E. Fiel à sua tradição e história nas corridas, desta vez regressa ao esporte motorizado olhando para o futuro, para a electrificação da mobilidade. Estou convencido que a equipe HISPANO SUIZA honrará a grande tradição de seu nome e será um competidor de peso no nosso campeonato, o evento esportivo mais remoto do planeta”.

Oliver Bennett, piloto da HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM, disse: "Este é um dos dias mais especiais da minha vida, e estou muito orgulhoso de fazer parte da HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM. Dirigir um HISPANO SUIZA está ao alcance de muito poucas pessoas em todo o mundo, e estou muito contente por poder pilotar o mais extremo de todos, o HS Extreme E. Este é um campeonato em que teremos que nos esforçar para mostrar nosso potencial em cada corrida, mas ao mesmo tempo poderemos lutar para tornar o nosso planeta um lugar melhor. Tenho certeza que este é apenas o começo de uma grande aventura para todos nós”.

Christine GZ, piloto da HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM, acrescentou: "Estou muito entusiasmada por fazer parte da HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM. Vamos competir com um veículo muito potente que representa o futuro da indústria automotiva, 100% elétrico. Também temos a oportunidade de aumentar a conscientização sobre as mudanças climáticas, mostrando que é possível competir em alguns dos lugares mais remotos do mundo sem contaminar o planeta. Estou muito orgulhosa de trabalhar para uma empresa tão inovadora como a HISPANO SUIZA e agradeço muito a confiança que a Avatel tem depositado em mim. Acho que ter equipes mistas será uma grande oportunidade para dar mais visibilidade às mulheres pilotos e contribuirá para uma maior presença feminina no automobilismo no futuro. Estou muito feliz em dividir um carro com Oliver: ele é um grande piloto, acompanho a carreira dele há muito tempo e tenho certeza que nos complementaremos perfeitamente. Agora só estou ansiosa para competir e dar meu melhor para a nossa equipe”.

No total, nove equipes vão competir na Extreme E em 2021: ABT CUPRA XE, ACCIONA | Sainz XE Team, Andretti United, Chip Ganassi Racing, HISPANO SUIZA XITE ENERGY TEAM, Rosberg Xtreme Racing, Team TECHEETAH, Veloce Racing e X44.

A HWA tomou a difícil decisão de adiar sua entrada na Extreme E por razões estratégicas e econômicas. Para a HWA, a Extreme E continua sendo um projeto muito promissor e interessante, mas a incerteza, impulsionada principalmente pelo impacto da pandemia do coronavírus na situação econômica global, leva-a a uma estratégia empresarial focada em projetos já pactuados anteriormente.

A HWA continua convencida da missão da Extreme E e de sua mensagem para o automobilismo sustentável, e vai manter conversas com Alejandro Agag e toda a equipe da Extreme E, com o objetivo de voltar a competir em um futuro próximo.






Compartilhe com seus amigos:


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal