Executando e eliminando processos 1- características dos processos



Baixar 35.3 Kb.
Pdf preview
Encontro10.09.2022
Tamanho35.3 Kb.
#25273
Executando e eliminando processos


Executando e eliminando processos
1
Executando e eliminando 
processos
1- Características dos processos
Número de identificação: PID
Processo que inicia outro processo: Processo pai
Processo iniciado por outro processo: Processo filho
Escalonador de processos
O escalonador de processos é uma ferramenta do kernel do linux que coloca em fila 
todos os processos em execução e decide qual programa será executado primeiro e 
por quanto tempo.
Tarefas
Ao executar um comando ou programa, na maioria das vezes ele será executado 
em primeiro plano, esperando a finalização do programa para voltar ao prompt. para 
interromper um programa em execução e voltar ao prompt, utiliza-se a combinação 
de teclas Ctrl + z.
Após isso, para continuar a execução do programa em segundo plano e continuar 
com o prompt do bash em primeiro plano, usa-se o comando bg (background). Para 
continuar a execução do programa em primeiro plano utiliza-se o comando fg 
(foreground).
É possível iniciar programas diretamente em segundo plano, adicionando o 
símbolo”&” ao seu final.
2- Comandos
Mostrar processos e tarefas
pstree
Mostra processos ativos em formato de árvore genealógica, onde os processos filho 
estão ligados aos processos pai.


Executando e eliminando processos
2
Opções comuns:
-p → Inclui PIDs dos processos.
-h → Lista apenas os processos do usuário atual.
ps
Mostra os processos ativos de maneira mais detalhada.
Opções comuns:
ux → Mostra todos os processos do usuário.
aux → Mostra todos os processos do sistema.
top
Monitora continuamente os processos. mostrando informações como o uso de 
memória e CPU de cada processo, similar ao gerenciador de tarefas do windows. 
Pode ser usado para alterar a prioridade de um processo.
Opções comuns:
-d n → Determina do tempo de atualização da tela em segundos (n).
-n num → Atualiza a tela um determinado número de vezes e depois finaliza o 
programa (num).
-q → atualiza a tela em tempo real, pode consumir muita quantidade de CPU.
pidof
Retorna o número PID do programa selecionado se o mesmo estiver em execução.
jobs
Lista as tarefas na sessão atual do bash (prompt de comando). É especialmente útil 
quando há mais de uma tarefa em andamento.
Mudando o estado de processos
kill
Envia sinais de controle para processos. o sinal padrão quando nenhum sinal é 
especificado é SIGTERM, de valor numérico 15, que pede ao programa para 
finalizar. O processo não necessariamente obedece ao sinal, a menos que seja o 
sinal SIGKILL.


Executando e eliminando processos
3
Sinais comuns:
SIGHUP → Termina ou reinicia o processo, pode ser interpretado como ordem para 
o processo reler seus arquivos de configuração. Valor numérico: 1.
SIGINT → Interrompe o processo, igual ao Ctrl + c. Valor numérico: 2.
SIGQUIT → Fecha o processo. Valor numérico de: 3.
SIGKILL → Força a finalização do processo. Valor numérico: 9.
SIGTERM → Pede para o processo para finalizar. Valor numérico: 15.
Mudando a prioridade de execução de processos
nice
Executa processos com uma determinada prioridade, se a prioridade não for 
especificada o comando definirá a prioridade para +10, diminuindo o tempo do 
processo na CPU.
renice
Ajusta a prioridade de execução de processos que já estão rodando . Por padrão 
recebe como parâmetro o PID de um determinado processo.
Opções comuns:
-p → Recebe um PID para alterar sua prioridade.
-u → Recebe um nome de usuário para alterar a prioridade de todos os seus 
processos.

Baixar 35.3 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal