Entendendo como se escreve uma redaçÃO (texto) sem erros



Baixar 31.59 Kb.
Página1/5
Encontro13.06.2020
Tamanho31.59 Kb.
  1   2   3   4   5

07/03/2012

ENTENDENDO COMO SE ESCREVE UMA REDAÇÃO (TEXTO) SEM ERROS:

Abaixo, através de um texto pequeno, vamos analisar como se dá todo o processo de uma redação bem escrita.



A semente germinará -  Autor: Bruno Bertacini Gonzaga

 (Vestibular Unicamp / 99).


  
          Ilusões..., descobertas..., renascimento. Crianças na escala evolutiva, o Brasil e seu povo, após quinhentos anos de inconstâncias de identidade étnica-cultural, procuram desenhar sua bandeira retirando as manchas passadistas e fixando-a em firme solo. Trabalho árduo! As manchas, matizadas durante sua formação, originaram uma nação singular, mas, incondicionalmente submissa.  

          O Brasil analogamente aos outros países da América Latina, África e Ásia, foi concebido como território lucrativo para as potências europeias satisfazerem seu ideal mercantilista. Na ânsia capitalista ignoraram a população nativa indígena aniquilando-os; trouxeram escravos africanos para a tortura em território estranho; estabeleceram-se de forma autoritária no solo virginal.  
          Neste enorme caldeirão étnico implantado bruscamente por mãos absolutistas e composto por uma massa torturada, o resultado foi inevitável: a criação de uma nova raça sem identidade cultural, originalidade e presa a interesses externos.  
          É importante lembrar ainda que, após a saga portuguesa, holandesa, inglesa em solo brasileiro subtraindo suas riquezas naturais (Pau-Brasil, metais preciosos) e explorando o trabalho humano, criou-se espaço para outra forma de dominação, igualmente nociva, intensificando a “crise existencial” brasileira: a dominação cultural, principalmente norte-americana.  
          Entretanto, às vésperas de atingir sua puberdade, a nação busca suas raízes para estabelecer-se no cenário mundial. Antigos concertos históricos induzidos pelos exploradores estão desfacelando-se, resgatando da ilusão a juvenil população. O Brasil não foi descoberto; foi arquitetado. Norte-americanos não são cordiais; são dominadores. Políticos não são representantes dos indivíduos; são parasitas.  
          Nesta busca, portanto, percebe-se que os brasileiros não são reflexos de seus colonizadores, mas sim uma mistura étnica e cultural inigualável. É inevitável, porém, que os resquícios do passado interfiram na sociedade assemelhando-a às “pátrias-mãe”, bipolarizando-a entre poderosos e oprimidos no ambiente interno e externo. O importante é que, ao final das descobertas ou redescobertas o Brasil concluirá que não é o fruto do passado, mas a semente do amanhã.  

Vocabulário:

  • Desfacelar: desmanchar;

  • Resquícios: restos, fragmentos;

  • Bipolarizar: divisão em torno de dois interesses.

Esse texto acima está escrito com ideias claras e coesas, facilmente compreendidas pelo leitor.

Dividindo nas partes que compõem uma redação bem redigida ou elaborada, veremos a seguir todo o processo de um texto:



  1. Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal