Educar, Curitiba, n. 35, p. 81-94, 2009. Editora ufpr



Baixar 105.96 Kb.
Pdf preview
Página1/8
Encontro29.12.2020
Tamanho105.96 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8


Educar, Curitiba, n. 35, p. 81-94, 2009. Editora UFPR

81

Amor romântico na literatura infantil: uma 

questão de gênero

Romantic love in children´s literature a 

gender question

Suyan Maria Ferreira Pires∗



Resumo

Ao considerar que o amor e o casamento estão sendo postos em xeque 

em  nossa  sociedade,  na  medida  em  que  surgem  novas  configurações 

familiares, ou mesmo outras possibilidades de se vivenciar o sentimento 

amoroso, este artigo centra-se em discutir como a literatura infantil vem 

apresentando esses temas, a saber: como o amor romântico e a material-

ização deste sentimento, através das relações que se estabelecem a partir 

dele, têm sido representados nos livros de literatura infantil? De que forma 

as relações de gênero são veiculadas nessas obras? Como o casamento é 

visto na vinculação com as relações amorosas? Os resultados apontam que 

na maior parte das obras literárias infantis o sentimento amoroso ainda 

aparece associado à ideia de casamento; à mulher fica a responsabilidade 

da criação dos/as filhos/as; algumas histórias apresentam o amor romântico 

coligado à dor e à dificuldade de conquista. Também são recorrentes as 

características de amor à primeira vista e o empoderamento desse senti-

mento em transformar o outro.



Palavras-chave: amor romântico; literatura infantil; relações de gênero; 

representação.






Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal