Diretorialegislativ a



Baixar 21.63 Kb.
Encontro17.03.2020
Tamanho21.63 Kb.


E S T A D O D E S A N T A C A T A R I N A

C Â M A R A M U N I C I P A L D E F L O R I A N Ó P O L I S

D I R E T O R I A L E G I S L A T I V A






ATA DA SESSÂO SOLENE PARA ENTREGA DAS MEDALHAS HERBERT DE SOUZA E JOÃO PAULO II, REALIZADA EM 26 DE OUTUBRO DE 2015.

Aos vinte e sete dias do mês de outubro de dois mil e quinze, no Centro Legislativo Municipal de Florianópolis, à hora regimental, havendo número legal, o Senhor Presidente, Vereador Erádio Manoel Gonçalves, invocou a proteção de Deus e declarou aberta a Sessão Solene para outorga das Medalhas João Paulo II e Herbert de Souza. Prosseguindo o Senhor Presidente solicitou aos Senhores Vereadores Dalmo Deusdedit Meneses e Pedro de Assis Silvestre para que façam adentrar ao Plenário e tomar seus lugares a Mesa Diretora as seguintes autoridades: Senhora Francine Mendes Souza, primeira dama do município de Florianópolis e Presidente do Projeto Mãos a Obra. Em seguida, o Senhor Presidente solicitou que adentrassem ao Plenário os homenageados com a Medalha João Paulo II: Centro de Recuperação O Bom Samaritano, representado pelo Diretor Geral Senhor Moises Martins; Associação Centro de Capacitação “APAZ”; Associação Gente Amiga; Rotary Club de Florianópolis – Atlântico; Casa Lar Semente Viva; Ação Social Arquidiocesana – ASA; Projeto Mãos a Obra; Instituto Gustavo Kuerten; Movimento Vamos Fazer o Bem; Projeto Salva Surf; Associação Evangélica Beneficente de Assistência Social – AEBS. Da mesma forma, o Senhor Presidente solicitou que adentrasse ao Plenário os homenageados com a Medalha Herbert de Souza: Projeto eu faço minha parte; Senhor José Ezequiel Machado; Senhor Luciano Gonzaga Galvão; Senhor Djavan Nascimento Costa; Senhor Marcelo Bento; senhor Silvio Fagundes; senhor Pedro Manoel Duarte; Senhor Ederson Emanoel de Souza; Senhor Júlio César Galdino; Irmandade do Divino Espírito Santo – Promenor; Traço – Companhia de Teatro. Logo após, o Senhor Presidente registrou a presença da seguinte autoridade: Senhor Ademar Arcângelo Cirimbele, assessor Especial da Presidência do Lira Tênis Clube. Ato contínuo, o Senhor Presidente convidou a todos para de pé acompanharmos a execução do Hino Nacional Brasileiro. Findada a execução do Hino, o Senhor Presidente concedeu a palavra ao Senhor Felipe Augusto Teixeira que cumprimentou os presentes e destacou sua satisfação em poder homenagear, pessoas e instituições que são voluntários em ações de caridades no município de Florianópolis. Findado seu pronunciamento, o Senhor Presidente solicitou a TV Câmara, na pessoa da Jornalista Claudia que fizesse um breve relato sobre a história da Comenda João Paulo II: “Criada pela Lei n. 7039 de 2006, é concedida aos movimentos ou entidades que realizam trabalhos voluntários de caráter caridoso e de relevância social no município de Florianópolis; Ela simboliza o reconhecimento deste parlamento as boas ações e benefício da sociedade e seu nome representa o sentido maior de caridade; João Paulo II, nascido Karol Józef Wojtyla, em 18 de maio de 1920, foi o Papa e líder mundial da Igreja católica até sua morte, tendo sido o terceiro maior pontificado documentado da história, reinando por 26 anos. João Paulo II foi aclamado como um dos líderes mais influentes do século XX. O instinto do povo não se enganava quando, desde o início do Pontificado de João Paulo II, via no papa Wojtyla um homem de Deus. A fé notava-se no calor sereno e viril da voz, no olhar profundo, afetuoso e calmo, na paz com que abraçava seu serviço sacrificado e incansável. A fé, uma fé segura, sólida e feliz, pode-se dizer que lhe saia por todos os poros do corpo e da alma. Papa João Paulo II, tinha na caridade e na solidariedade suas maiores inspirações e incansavelmente dizia em seus inúmeros discursos: “Que ninguém se iluda de que a simples ausência de guerra, seja sinônimo de uma paz verdadeira. Não há verdadeira paz sem vir acompanhada de igualdade e principalmente solidariedade entre todos”. Ato contínuo, o Senhor Presidente solicitou que desse início as entregas das homenagens. O Vereador Felipe Augusto Teixeira entregou a medalha João Paulo II ao Rotary Club de Florianópolis – Atlântico, neste ato representado, por seu fundador Senhor Aníbal Dib Mussi e também á Associação “Gente Amiga”, neste ato representada por sua Presidente Senhora Solange Tadeu da Silva; O Vereador Ricardo Camargo Vieira entregou a medalha João Paulo II ao Centro de Recuperação “O Bom Samaritano”, neste ato representado por seu Diretor Geral, Senhor Moises Martins; O Vereador Waldyvio da Costa Paixão entregou a medalha João Paulo II à Associação Centro de Capacitação “APAZ”, neste ato representada por sua fundadora e coordenadora, Senhora Maria de Lurdes Reis; O Vereador Célio João entregou a medalha João Paulo II à Casa Lar Semente Viva, neste ato representada por seu Presidente, Senhor Ademar de Almeida e também à Associação Evangélica Beneficente de Assistência Social – AEBAS, neste ato representada por sua Presidente, Senhora Abigail Maciel; O Vereador Edmilson Carlos Pereira Junior entregou a medalha João Paulo II ao Projeto Mãos à Obra, neste ato representado por sua coordenadora, primeira dama do município, Senhora Francine Mendes Souza e também ao Movimento Vamos Fazer o Bem, neste ato representado por sua coordenadora, Senhora Patrícia Lima e também ao Projeto Salva Surf, neste ato representado por seu Presidente, Bira Cheufer e também ao Instituto Gustavo Kuerten, neste ato representado por sua Presidente, Senhora Alice Kuerten; O Senhor Presidente solicitou ao Senhor Vereador Edmilson Carlos Pereira Junior, 1º vice-Presidente, para que tome seu lugar a Mesa Diretora, para que este Presidente possa fazer a entrega da Medalha João Paulo II à Ação Social Arquidiocesana – ASA, neste ato representada Diácono Djalma Lemes. Findada a entrega da Medalha João Paulo II, o Senhor Presidente solicitou a TV Câmara, na pessoa da Jornalista Claudia que fizesse um breve relato sobre a história da Comenda Herbert de Souza, criada pela Lei n. 5967 de 2001, tem por objetivo homenagear e reconhecer o trabalho desenvolvido em defesa da criança e do adolescente; Nascido em 03 de novembro de 1935, na cidade de Bocaíuva, em Minas Gerais, Herbert José de Souza, popularmente conhecido Betinho, foi um homem de grande atuação em trabalhos sociais no Brasil. Ao longo da vida, Betinho foi obrigado a conviver com limitações impostas pela saúde frágil, porém, jamais deixou de exercer sua cidadania, apontada para os interesses da população carente, especialmente as crianças. Sua luta incansável caminhava rumo aos direitos humanos e para ideias de solidariedade, a fim de tornar a sociedade mais justa. Direcionando grande preocupação para as crianças Herbert de Souza dizia: “A criança é o princípio sem fim. O fim da criança é o principio do fim. Quando uma sociedade deixa matar a criança é porque começou seu suicídio como sociedade. Quando não as ama é porque deixou de se reconhecer como humanidade. Afinal, a criança é o que fui em mim, e em meus filhos, enquanto eu em humanidade. Ela como princípio é a promessa de tudo. É a minha obra livre de mim. Se não vejo na criança, uma criança, é porque alguém a violentou antes e o que vejo é o que sobrou, o que lhe foi tirado. Mas essa que vejo na rua sem pai, sem mãe, sem casa, cama e comida, essa que vive a solidão das noites sem gente por perto, é um grito, é um espanto . Diante dela, o mundo deveria parar para começar novo encontro, porque a criança é o principio sem fim é o fim de todos nós. Logo após, os Senhor Presidente solicitou que desse início a entrega das homenagens. O Vereador Waldyvio da Costa Paixão Junior entregou a medalha Herbert de Souza ao Projeto “Eu Faço a Minha Parte”, neste ato representado pela sua coordenadora, Senhora Maria Eduarda Silva e também a Irmandade do Divino Espírito Santo Promenor, neste ato representada por seu Provedor, Senhor Jurandir Henrique Rostini; o Vereador Jaime Tonello entregou a Medalha Herbert de Souza ao Senhor José Ezequiel Machado e ao Senhor Luciano Gonzaga Galvão; o Vereador Lino Fernando Bragança Peres entregou a Medalha Herbert de Souza ao Senhor Djavan Nascimento Costa; o Vereador Dalmo Deusdedit Meneses entregou a Medalha Herbert de Souza ao Senhor Silvio Fagundes e ao Senhor Pedro Manoel Duarte; o Vereador Edmilson Carlos Pereira Junior entregou a Medalha Herbert de Souza ao Senhor Ederson Emanoel de Souza, neste ato representado pela Senhora Maria Eduarda Silva e ao Senhor Júlio César Galdino; o Vereador Felipe Augusto Teixeira entregou a Medalha Herbert de Souza ao TRAÇO – Companhia de Teatrho, neste ato representando pelos doutores Amanito Matutino e Goiaba Doce. Prosseguindo, o Senhor Presidente solicitou ao Senhor Vereador Edmilson Carlos Pereira Junior, para que ocupe seu lugar a Mesa Diretora, para que o Senhor Presidente possa fazer a entrega da Medalha Herbert de Souza ao Senhor Marcelo Bento. Findada a entrega das honrarias, o Senhor Presidente concedeu a palavra a Senhora Abigail Maciel, Presidente da Associação Evangélica Beneficente de Assistência Social – AEBAS que cumprimentou os presentes, agradeceu a homenagem e externou sua emoção e gratidão pela bela homenagem que lhe foram concedidas. Findado seu pronunciamento o Senhor Presidente falou o seguinte: “Senhoras e Senhores que nos honram com suas presenças. Prezados homenageados, muito mais que legislar, compete a Câmara Municipal de Florianópolis participar e estimular as ações voltadas ao bem comum, ao engrandecimento da cidade e ao desenvolvimento humano. Não podemos esquecer que a solidariedade é o elo harmônico entre os homens, na busca incessante de um mundo melhor. Herbert de Souza, símbolo da determinação e do trabalho incansável pela cidadania, pela valorização da solidariedade e dos direitos humanos, conseguiu mobilizar todo o País, afirmando que o cidadão comum tem um importante papel a desempenhar. Tão importante quanto a ideologia de Betinho era a confiança do Papa João Paulo II nas crianças e nos jovens, quando disse: “vocês são o futuro e a esperança, quem cuidar de nossas crianças, estará cuidando do futuro do mundo”. Assim, Senhoras e Senhores, cabe a este Parlamento incentivar e reconhecer o trabalho desenvolvido pelas Senhoras e Senhores aqui homenageados, que incluem nas tarefas do seu dia a dia a doação ao próximo e a solidariedade. Parabéns a todos os nossos homenageados, parabéns aos Senhores Vereadores autores das proposições, pela excelente indicação dos nomes. E também, parabéns aos demais vereadores que aprovaram por unanimidade os projetos apresentados”. Findado seu pronunciamento, o Senhor Presidente registrou a presença dos seguintes senhores vereadores Afrânio Tadeu Bopré, Aldérico Furlan, Augusto Luiz Fernandes Junior, Célio João, Celso Francisco Sandrini, Dalmo Deusdedit Meneses, Edimilson Carlos Pereira Junior, Edson Lemos, Erádio Manoel Gonçalves, Felipe Augusto Teixeira, Jaime Tonello, Jeronimo Alves Ferreira, Lino Fernando Bragança Peres, Marcelo da Intendência, Maria da Graça Oliveira Dutra, Maycon Cassimiro Oliveira, Pedro de Assis Silvestre, Ricardo Camargo Vieira, Vanderlei farias e Waldyvio da Costa Paixão. Logo após, o Senhor Presidente convidou a todos para acompanharem a execução do Hino oficial de Florianópolis “Rancho de Amor a Ilha”. Findada a execução do Hino, o Senhor Presidente agradeceu aos homenageados e aos demais agentes de solidariedade que se encontram presentes, ou acompanhando pela TV Câmara. O Senhor Presidente encerrou a presente Sessão Solene, convocando outra, Ordinária para às dezessete horas e cinquenta minutos. Desta para constar, eu, Ricardo Camargo Vieira, 2º Secretário, mandei lavrar a presente ata de acordo com o art. 104 da Resolução n. 811, de 2002.

Sala das Sessões, em 26 de outubro de 2015.




Centro Legislativo Municipal de Florianópolis – Rua Anita Garibaldi, 35 – Centro – CP 166 – CEP 88010-500 - Florianópolis – SC
Fone (048) 3027-5700 – FAX (048) 3027-5823 – www.cmf.sc.gov.br – cmf@cmf.sc.gov.br



Compartilhe com seus amigos:


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal