Diretor responsável



Baixar 0.87 Mb.
Pdf preview
Página7/157
Encontro08.10.2019
Tamanho0.87 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   157
VALORES

Respeito 

Aos clientes, fornecedores, colaboradores, acionis-

tas, comunidades e meio ambiente.

Eficiência 

Aportar valor aos clientes, colaboradores e acio-

nistas, gerando e implementando soluções inovadoras 

e de qualidade.



Transparência 

Tornar a transparência um valor integrado à 

cultura das empresas do grupo, na relação com clien-

tes, colaboradores, acionistas e entidade reguladora, 

autoridades e comunidade em geral.

Rigor 

Adotar o rigor como regra geral de atuação e base 

de decisão.

Ética 

Cumprir os mais altos padrões de ética em todas 

as ações.

AS REALIZAÇÕES

Em um ambiente macroeconômico estável, com a 

significativa redução do risco-país, das taxas de juro e 

da inflação, a par de uma melhor definição do quadro 

regulatório, a Energias do Brasil 

desenvolveu a sua atividade em 

2006 cumprindo integralmente 

com os compromissos que ha-

via assumido para com os seus 

stakeholders.

Neste âmbito e em linha com 

os pilares estratégicos anuncia-

dos no IPO, em julho de 2005, 

a companhia:

• Duplicou a sua capacidade de 

geração para 1.018MW, com a entrada em opera-

ção da usina Peixe Angical (452MW) e o reforço 

da potência de Mascarenhas (passando de 130MW 

para 180MW);

• Implementou um vasto programa de eficiência ope-

racional, culminando com o lançamento do PDV, 

que permitirá a redução do número de efetivos em 

16%, até o final de 2007, e poupanças anuais recor-

rentes de R$ 69 milhões. Neste domínio, intensificou 

também o programa de combate às perdas, com 

base em investimentos em novos equipamentos e 

no reforço de inspeções no terreno (mais de 700.000, 

com detecção de 228.000 fraudes), o que permitiu a 

reversão da tendência anterior de subida das perdas 

comerciais;

• Reforçou a sustentabilidade financeira, continuan-

do a recomposição da estrutura de capitais iniciada 

ainda em 2005, através da emissão de debêntures 

no valor de R$ 851 milhões, o que permitiu alongar 

a estrutura da dívida e reduzir o respectivo custo 

médio, bem como manter elevada a capacidade de 

endividamento para futuros investimentos;

• Intensificou a troca de know-how com o acionista 

A Energias 

do Brasil 

duplicou sua 

capacidade 

de geração 

em 2006


1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   157


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal