Diretor responsável



Baixar 10 Mb.
Pdf preview
Página68/157
Encontro08.10.2019
Tamanho10 Mb.
1   ...   64   65   66   67   68   69   70   71   ...   157
M

A R I O

  I

B I D E

NOVA AMÉRICA ALIMENTOS




Mai.Jun/2007

39

SOCIAL



O FORTALECIMENTO DE UM BRAÇO SOCIAL

fundamental para o desenvolvimento de um modelo 

diferenciado de administração. 

De maneira geral identificaram-se algumas ne-

cessidades: 

• Implementar um Plano Diretor de RH, além de um 

plano de metas, ambos instrumentos fundamentais 

para determinar esta transformação.

• Criar indicadores e outros mecanismos de compa-

ração e desempenho dos colaboradores e de equipes 

das diferentes empresas do grupo.

• Fortalecer a política de gestão participativa, com 

maior envolvimento dos colaboradores na definição 

de políticas de recursos humanos

• Desenvolver um plano integrado de responsabilida-

de social, programando as ações  junto às instituições 

da comunidade regional

• Estimular o corpo gerencial a assumir efetivamente 

o papel de gestor de seus recursos humanos, dando-

lhes ferramentas para facilitar seu trabalho

O organograma projetado na época instituiu as 

seguintes áreas: Desenvolvimento de RH (recruta-

mento e seleção, programas de capacitação pessoal 

e profissional); Serviço Social e Benefícios (saúde, 

alimentação, benefícios em geral, projetos sociais 

e comunitários); comunicação social (plano de 

comunicação interna, relacionamento com a mídia 

e a comunidade); administrativo e financeiro (admi-

nistração interna da instituição, assessoria na área 

de cargos e salários).

Em alguns momentos, a Fundação entrou na 

linha de tiro das críticas, e o projeto sobreviveu por 

causa da convicção de seus idealizadores de que aque-

la era a fórmula correta para preparar a companhia 

para os novos tempos.

Um ano após a criação da fundação, nomearam-se 

os primeiros gerentes das áreas Administrativo-finan-

ceira, de Comunicação Social, Serviço Social e Bene-

fícios e de Desenvolvimento de Recursos Humanos. 

Esta definição liberou algumas amarras e, em seguida, 

deu-se início à segunda fase prevista no plano, ou 

seja: o fortalecimento do papel de gestores de pessoas 

aplicado a todos os ocupantes de cargo de comando 

do Grupo. Isso também fez desabrochar a figura do 

profissional de RH, atuando como consultor interno, 

auxiliando na resolução de problemas e orientando a 

formação do novo conceito de liderança. 




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   64   65   66   67   68   69   70   71   ...   157


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal