Diretor responsável


Reeducação Psicopedagógica



Baixar 0.87 Mb.
Pdf preview
Página52/157
Encontro08.10.2019
Tamanho0.87 Mb.
1   ...   48   49   50   51   52   53   54   55   ...   157
Reeducação Psicopedagógica

O setor de Reeducação Psicopedagógica atende 

crianças que tenham, no mínimo, 1 ano e meio de 

idade, com a participação da mãe ou responsável. 

Os profissionais que atuam nesse setor têm a pre-

ocupação de orientar paciente e família sobre as 

dificuldades que o deficiente físico encontrará para 

ingressar na escola.



Fisioterapia

A Fisioterapia é uma ciência que se utiliza de 

métodos e técnicas apropriadas, a fim de restaurar

desenvolver ou manter a capacidade funcional do 

indivíduo. Tem importante papel para facilitar a 

aquisição do desenvolvimento motor, diminuindo 

ao máximo a interferência de reflexos, bloqueios, 

contraturas e deformidades. É trabalhado o desenvol-

vimento das habilidades da criança estimulando suas 

funções e aumentando o grau de sua independência. 

É importante ressaltar que, quanto mais precoce-

mente se iniciar o trabalho, maiores serão as chances 

de sucesso dos tratamentos. Isto 

porque a plasticidade neural é 

mais eficiente durante os primei-

ros anos de vida.

É de senso comum que pa-

cientes com distúrbios motores, 

se beneficiam de tratamentos 

fisioterapêuticos. Para tanto, é 

necessário compreender a ope-

ração dos sistemas motores num 

sistema nervoso comprometido, 

identificar suas necessidades e 

planejar um tratamento que estimule seu poten-

cial.


Para que essas etapas do programa de tratamen-

to sejam cumpridas com eficiência, é necessária a 

existência de métodos adequados de avaliação. De 

maneira geral esses métodos podem ser classifica-

dos em dois grupos: Medidas discriminativas, que 

buscam definir ou não a presença de determinadas 

características ou funções; e Medidas Avaliativas

que medem a magnitude das mudanças ocorridas.

A utilização de um ou de outro método está dire-

tamente relacionada ao seu propósito. Os métodos 

discriminativos são usados para definir normalidade 

ou disfunção, sendo assim ideais para diagnosticar, 

investigar e/ou estabelecer a elegibilidade de um 

paciente para programas de reabilitação, não sendo 

portanto sensíveis às mudanças na evolução do pa-

ciente. Os Métodos Avaliativos utilizam como base a 

presença ou ausência de domínio sobre determinadas 

funções, sendo adequados, portanto, para planejar as 

modificações de conduta ao longo de um tratamento 

e avaliar seus efeitos.

Para a AACD, o método de avaliação ideal consis-

te no misto de medidas Discriminativas e Avaliativas. 

As primeiras são importantes num primeiro mo-

mento, quando se busca a compreensão dos sistemas 

motores operantes, e as segundas são importantes na 

AÇÃO SOCIAL






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   48   49   50   51   52   53   54   55   ...   157


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal