Diretor responsável



Baixar 0.87 Mb.
Pdf preview
Página24/157
Encontro08.10.2019
Tamanho0.87 Mb.
1   ...   20   21   22   23   24   25   26   27   ...   157
2006

2005

%

Distribuição

536,5

448,4

19,7

Bandeirante

149,6

117,2


27,6

Escelsa


191,3

139,4


37,2

Enersul


195,6

191,7


2,0

Geração

292,9

700,8

-58,2

Peixe Angical

243,6

638,6


-61,9

Energest


46,2

57,3


-19,2

Lajeado


3,1

4,9


-37,9

Outros


0,6

1,5


-60,4

Total


830,0

1.150,7


-27,9

Total sem juros capitalizados

751,9

1.071,5


-29,8

Os investimentos (R$ milhões)

Tabela 5

ENERGIA


CAPACIDADE EMPREENDEDORA LEVANDO À EXPANSÃO


CASE STUDIES

20

INVESTIMENTOS TOTAIS DO GRUPO

Os investimentos da Energias do Brasil totali-

zaram, em 2006, R$ 830 milhões, 27,9% inferiores 

aos registrados no mesmo período do ano passado, 

concentrando-se em atividades de geração (35,3%) e 

distribuição (64,6%). Destaca-se o expressivo volu-

me direcionado às obras da Usina Hidrelétrica Peixe 

Angical, no Rio Tocantins, que entrou em plena 

operação em setembro de 2006.

Em geração foram direcionados investimentos 

para a Energest, que administra ativos nos Estados 

do Espírito Santo e Mato Grosso do Sul, com des-

taque para a finalização das obras de ampliação da 

Usina Hidrelétrica de Mascarenhas, que colocou em 

operação uma quarta turbina em outubro de 2006, 

além da PCH de São João. 

No segmento de distribuição os investimentos somaram 

R$ 536,5 milhões (um aumento de 19,7% em comparação 

a 2005) dirigidos, sobretudo, à expansão e melhoramento 

das redes das empresas Bandeirante, Escelsa e Enersul. Os 

recursos para programas de universalização do acesso à 

energia elétrica, que incluem o Programa Luz para Todos, 

somaram R$ 159,6 milhões em 2006.

 




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   20   21   22   23   24   25   26   27   ...   157


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal