Diagnóstico da informaçÃo brasileira na área de comunicaçÃO1



Baixar 123.49 Kb.
Pdf preview
Página2/8
Encontro17.03.2020
Tamanho123.49 Kb.
1   2   3   4   5   6   7   8
Palavras-chave: revista Veja, conglomerados de mídia, mercado de bens simbólicos. 

 

A Editora Abril: um conglomerado de mídia no segmento de revistas 

Na década de 1950, o Brasil contava com pouco mais de 50 milhões de 

habitantes, dos quais aproximadamente 9 milhões concentravam-se no estado de São 

Paulo. Neste período, o número de analfabetos brasileiros girava em torno de 70% da 

população. É neste momento do processo histórico brasileiro que se inicia o processo de 

consolidação da Editora Abril de propriedade do ítalo-americano Victor Civita. E, com 

isso, uma sugestão de que ali se firmara um fato concreto sobre as modernas ações 

culturais que se instalariam no país, transformando-o em um lugar exemplar para se 

empreender negócios na área da cultura, com incentivos e apoio por parte do governo e 

um mercado que, apesar de pequeno, estava ávido por consumir os resultados de uma 

empreitada pela modernização nacional. 

Os objetivos de Victor Civita não estavam restritos à 

formação do maior império gráfico da América Latina, iam além 



 

INTERCOM – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação 

XXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Salvador/BA – 1 a 5 Set 2002

 

 



Trabalho apresentado no NP02 – Núcleo de Pesquisa Jornalismo, XXV Congresso Anual em Ciência da 

Comunicação, Salvador/BA, 04 e 05. setembro.2002. 

 

 



 

disso, pois para sustentar esse investimento era preciso ampliar o 

mercado leitor brasileiro. Essa empreitada incluía “trabalhar duro 

para exercer um papel renovador, não somente no panorama 

editorial, mas também e, sobretudo, na formação de novas atitudes

influenciando hábitos da nação, aguçando curiosidade, avivando seus 

interesses, aprofundando sua cultura e lhe dando verdadeira 

dimensão do seu papel no mundo”

1

. Nas palavras de Victor Civita: 



“Eu tinha convicção absoluta de que tudo iria dar certo. O Brasil era 

um país muito grande que não estava lendo. Havia um universo a ser 

explorado. O que eu precisava era de idéias. Pelo menos duas boas 

idéias por dia. E sempre viria a tê-las...”

2



O início da Editora Abril no Brasil tem raízes na tradição 



gráfica que a família Civita possuía e que já tinha sido experimentada 

em mercados latino-americanos, como na Argentina, onde o irmão de 

Victor, Cesare Civita, já executava tal empreendimento. O capital 

para o impulso inicial – US$ 500.000,00 – lhe pertencia apenas em 

parte e, além disso, só havia seu estágio na Argentina e a experiência 

que tivera no setor de publicidade, ainda nos Estados Unidos, e o 

contrato para editar Walt Disney no Brasil, cedido por seu irmão 

Cesare


3

.  


Em 1950, Victor Civita lança sua primeira publicação: o Pato 

Donald, com uma tiragem de 82.000 exemplares, impressos nas 

oficinas Lanzara e Gráfica dos Tribunais.  




Catálogo: pdfs
pdfs -> Artigo de revisãO
pdfs -> Melhora do sucesso e diminuição da reestenose e complicações com o uso de stents coronarianos
pdfs -> EducaçÃo a distância no brasil: lições da história Terezinha Saraiva Introdução
pdfs -> A construção da Disciplina de História da Enfermagem na Educação à Distância: Relato de Experiência
pdfs -> Webgincana: potencialidades de uma estratégia didática fundamentada no uso das tic para o ensino superior
pdfs -> Microsoft Word As letras de rap do movimento hip hop como desdobramento do processo de segregação sócio espacial
pdfs -> Microsoft Word Eliana Gaiotto de Moraes e Maria Angélica Seabra R. Martins doc
pdfs -> Branca de neve e os sete anõES: a educaçÃo transmidiática e o uso de materiais autênticos no ensino de inglêS


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal