Descomplicando a Mobilidade Urbana


Fonte:  Folha de São Paulo. 11 Figura 5



Baixar 35.11 Mb.
Pdf preview
Página99/374
Encontro11.08.2021
Tamanho35.11 Mb.
1   ...   95   96   97   98   99   100   101   102   ...   374
Fonte: 
Folha de São Paulo.
11
Figura 5. 
Ciclorrota em São Paulo-SP. 
Fonte: 
Vá de Bike.
12
Figura 6. 
Via Calma. 
Fonte: 
Mobilize.
13
Figura 7. 
Rua com tráfego 
compartilhado 
em zona de 
baixa velocidade 
na Alemanha. 
Fonte: 
Miameherald.
14
CICLOFAIXA 
Existem muitas formas de organizar este 
tipo de infraestrutura, sendo a mais comum 
àquela construída na via, junto ao meio fi o, 
delimitada apenas por pintura ou parcial-
mente segregada do tráfego geral lindeiro 
por tachões.
CICLORROTA 
Constitui conjunto de vias interligadas, for-
mando um caminho preferencial para as 
bicicletas. O importante da ciclorrota é a sua 
sinalização especial (através de pinturas nas 
vias e placas de orientação), além do fato 
dessa rota ligar pontos de origem/destino 
específi cos.
VIA CALMA
Representa um espaço semi-segregado 
na via, como se fosse uma ciclofaixa, mas a 
pintura que a defi ne em relação à área late-
ral, destinada ao tráfego motorizado, é feita 
com tracejado, o que permite, em determi-
nados casos, que automóveis possam cir-
cular  sobre  ela,  para  acesso  às  residências 
e comércio, assim como para que os autos 
possam fugir de um imprevisto.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   95   96   97   98   99   100   101   102   ...   374


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal