Descomplicando a Mobilidade Urbana


INDICADORES QUE FAVORECEM



Baixar 35.11 Mb.
Pdf preview
Página221/374
Encontro11.08.2021
Tamanho35.11 Mb.
1   ...   217   218   219   220   221   222   223   224   ...   374
2. INDICADORES QUE FAVORECEM 
A CAMINHABILIDADE 
Esta seção apresenta um conjunto de fatores que infl uenciam a caminha-
bilidade e norteiam a atenção dos gestores municipais para a construção 
de cidades mais caminháveis, proporcionando a todos os usuários do espa-
ço urbano um deslocamento não motorizado de forma acessível, segura e 
atrativa.
2.1 A Calçada como espaço público de qualidade
Evidencia-se, neste tópico, a calçada como lugar de circulação do pedes-
tre e de uso público e democrático. De acordo com o Código Brasileiro de 
Trânsito (CBT), a calçada é “parte da via, normalmente segregada e em nível 
diferente, não destinada à circulação de veículos, reservada ao trânsito de 
pedestres e, quando possível, à implantação de mobiliário urbano, sinaliza-
ção, vegetação e outros fi ns” (BRASIL, 1997, p. 94).
Sendo assim, a calçada compõe o sistema viário das cidades e ainda 
desenvolve propósitos mais complexos. Elas são elementos intrínsecos à 
rotina de seus usuários, com espaços de “encontros, desencontros, contatos 
entre pessoas de mundos que se tocam, se veem, se percebem, mas não 
necessariamente se pertencem” (SUSSAY, J. C. R., 2019).
Para tratar do movimento do ‘pedestre-cidadão’ é importante que seja 
avaliada a qualidade das calçadas nos bairros. É necessária a elaboração de 
políticas públicas que visem à criação, manutenção e padronização desses 
espaços e, para isso, há fatores relevantes para torná-las mais adequadas à 
caminhabilidade, como atratividade, conforto, segurança viária e segurança 
pública (BARRETTO e GISLON, 2013). 
Nas calçadas ocorrem os principais movimentos de pedestres nas cida-
des. As travessias completam seu espaço de circulação e devem apresentar 
segurança  e  opções  de  ocorrência,  em  esquinas  e  em  meio  de  quadras
3

Boas calçadas e travessias favorecem a mobilidade ativa.
3. Este capítulo conta 
com um Guia de Calçadas 
Acessíveis em anexo, com 
normas, regulamentações 
e boas práticas de execução.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   217   218   219   220   221   222   223   224   ...   374


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal