Descomplicando a Mobilidade Urbana


O QUE APRENDEMOS COM ESSAS EXPERIÊNCIAS?



Baixar 35.11 Mb.
Pdf preview
Página149/374
Encontro11.08.2021
Tamanho35.11 Mb.
1   ...   145   146   147   148   149   150   151   152   ...   374
O QUE APRENDEMOS COM ESSAS EXPERIÊNCIAS? 
Os principais resultados positivos apresentados em cidades que adotaram 
o estacionamento rotativo pago foram o ordenamento na ocupação das 
vagas de automóveis e a maior rotatividade de veículos estacionados. Com 
essa ação, o comércio da região de implantação é o maior benefi ciado devi-
do à maior oferta dinâmica de vagas.
Segundo a CET-SP (2011), é importante reconhecer as características das ati-
vidades responsáveis pela demanda de estacionamento para, a partir daí, 
defi nir os seus critérios de funcionamento. É exatamente a falta de políticas 
que defi nam o melhor uso do estacionamento a responsável por um maior 
número de infrações de trânsito que dizem respeito a parada e/ou estacio-
namento irregular.
A fi scalização é essencial para o sistema funcionar de acordo com o espera-
do. Além disso, é importante defi nir os locais para estacionamento de moto-
cicleta e as vagas preferenciais de forma que atenda a demanda esperada. 
As motocicletas em algumas cidades não participam do sistema de cobran-
ça, já em outras, elas possuem tarifação especial. Em relação às formas de 
pagamento, caso a Prefeitura opte pelo sistema de tickets, é necessário 
observar se a rotatividade está sendo mantida. No caso dos parquímetros, a 
manutenção deles é de fundamental importância para um bom funciona-
mento do sistema.
142   | 
CAPÍTULO 4 - COBRANÇA DOS VEÍCULOS INDIVIDUAIS PELO USO DO SOLO: ESTACIONAMENTO ROTATIVO E PEDÁGIO URBANO 
|   143
CAPÍTULO 4 - COBRANÇA DOS VEÍCULOS INDIVIDUAIS PELO USO DO SOLO: ESTACIONAMENTO ROTATIVO E PEDÁGIO URBANO 




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   145   146   147   148   149   150   151   152   ...   374


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal